Discurso revolucionário produzido pelos militantes d’A Plebe durante a Greve Geral de 1917 em São Paulo na Greve Geral de 1917

Esta pesquisa tem como principal objetivo analisar o discurso produzido pelos militantes do jornal periódico A Plebe durante a Greve Geral de 1917 em São Paulo. A partir do tema revolução, construímos a distinção entre saber revolucionário e discurso revolucionário, produzindo relações entre estrutura e acontecimento, entre discurso e ruptura.

Discurso revolucionário produzido pelos militantes d'A Plebe durante a Greve Geral de 1917 em São Paulo na Greve Geral de 1917
Greve Geral em São Paulo, SP, 1917. Coleção História da Industrialização no Brasil, São Paulo, foto 208. Arquivo Edgard Leuenroth.

Nessa relação de aproximação e distinção de noções, buscamos aprofundar o olhar analítico acerca das experiências revolucionárias e seus desdobramentos, articulando teorias políticas e discursos narrativos sobre a experiência que é campo empírico da pesquisa, contando a partir de diferentes olhares de interpretadores e agentes da Greve Geral as narrativas desse acontecimento. Finalmente, articulamos tais narrativas sob o construto de discurso revolucionário e o discurso produzido pelo jornal A Plebe, o produto final desta pesquisa.

ANDRÉ URBAN KIST
UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS – UNIDADE ACADÊMICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUCAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS – NÍVEL MESTRADO

Author: admin

Deixe uma resposta