Categoria: Sonetos e Poesias

Posted in Ideais Anarquistas Notícias Notícias Anarquistas Obras Literárias Política Sonetos e Poesias

O Pensamento Político de Errico Malatesta

Esse texto divide-se em quatro partes fundamentais para a apresentação do pensamento político de Errico Malatesta: a.) breve exposição da… read more O Pensamento Político de Errico Malatesta

Posted in Artes Crônicas Diversos Homenagem Livros Anarquistas Obras Literárias Sonetos e Poesias

Toda a obra de Frida Kahlo online

Toda a obra de Frida Kahlo online. O Google Arts & Culture, plataforma criada pelo Google em parceria com instituições de arte de diferentes países…

Posted in Anarquismo Anarquista Anarquistas Mundo Notícias Obras Literárias Política Protestos/Manifestos Sonetos e Poesias

Aos que virão depois de nós

Eu vivo em tempos sombrios.Uma linguagem sem malícia é sinal de estupidez,Uma testa sem rugas é sinal de indiferença.Aquele que… read more Aos que virão depois de nós

Posted in Anarquismo Anarquista Anarquistas Anarquistas Conhecidos Consumismo Crônicas Diversos Espiritualidade Feminismo Grandes Anarquistas Ideais Anarquistas Livros Anarquistas Manifestos Mundo Natureza Nazismo Notícias Obras Literárias Política Protestos/Manifestos Sonetos e Poesias

Frases Anarquistas

Frases Anarquistas – Frases Anarquistas de grandes filósofos do Anarquismo. A frase Anarquista que procura está aqui. Anarquista.net

Posted in Artes Diversos Espiritualidade Espiritualismo Música Sonetos e Poesias Vídeos

As 9 Sinfonias de Beethoven e a Espiritualidade

As 9 Sinfonias de Beethoven e a Espiritualidade

Posted in Sonetos e Poesias

Uma flor nasceu na rua! Carlos Drummond de Andrade

  Uma flor nasceu na rua! Passem de longe, bondes, ônibus, rio de aço do tráfego. Uma flor ainda desbotada… read more Uma flor nasceu na rua! Carlos Drummond de Andrade

Posted in Sonetos e Poesias

Vulva in Fúria

Célere e macio Arrastam se os dedos Em longa vereda Nas madrugadas vazias De ares cortantes Penetram o recôndito Da… read more Vulva in Fúria

Posted in Sonetos e Poesias

Quando tu flores flor, eu flor flores, nós flores seremos e o mundo florescerá.

Quando tu flores flor, eu flor flores, nós flores seremos e o mundo florescerá. – EuSouVcEmMimNós   Leia Também: AS 20… read more Quando tu flores flor, eu flor flores, nós flores seremos e o mundo florescerá.

Posted in Sonetos e Poesias

O Criminoso

O CRIMINOSO És tu o criminoso, ó Povo, já que és tu o Soberano. És, é verdade, o criminoso inconsciente… read more O Criminoso

Posted in Sonetos e Poesias

Lá onde o vento vento faz a curva…

Lá onde o vento vento faz a curva, lugar sem tempo Paradoxos se resolvem e o absurdo faz sentido Onde… read more Lá onde o vento vento faz a curva…

Posted in Sonetos e Poesias

Tem dias…

“Tem dias que esbanjo, como anjo arcanjo. Brilho infinito, eterna parece a sabedoria. Tem dias que não me padeço para… read more Tem dias…

Posted in Protestos/Manifestos Sonetos e Poesias

Sem Título

Não voto Votar pra quê? Não foi o senhor mesmo que disse Que a gente tinha poder? Eu que não… read more Sem Título

Posted in Artes Crônicas Protestos/Manifestos Sonetos e Poesias

A Festa da Democracia

  De quatro em quatro anos eles te obrigam a meter teu dedo na urna vote branco nulo ou no… read more A Festa da Democracia

Posted in Crônicas Ideais Anarquistas Mundo Protestos/Manifestos Sonetos e Poesias

Preso à minha classe e a algumas roupas,Vou de branco pela rua cinzenta…

Preso à minha classe e a algumas roupas,Vou de branco pela rua cinzenta. Melancolias, mercadorias espreitam-me. Devo seguir até o… read more Preso à minha classe e a algumas roupas,Vou de branco pela rua cinzenta…

Posted in Crônicas Sonetos e Poesias

O Sistema…

O sistema te viola te ignora te explora tu é mais um número estatística na hora que nasce e na hora… read more O Sistema…

Posted in Sonetos e Poesias

Um homem inteligente falando das mulheres

Tenho apenas um exemplar em casa, que mantenho com muito zelo e dedicação, mas na verdade acredito que é ela… read more Um homem inteligente falando das mulheres

Posted in Artes Sonetos e Poesias

O analfabeto político – Bertolt Brecht (Bertold Brecht)

O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe… read more O analfabeto político – Bertolt Brecht (Bertold Brecht)

Posted in Artes Crônicas Sonetos e Poesias

[Liev Tolstoi] Por que os homens se entorpecem?

Polêmica de Tolstoy contra o que ele viu como as “fugas” do álcool e dos narcóticos, traduzido do russo para… read more [Liev Tolstoi] Por que os homens se entorpecem?

Posted in Crônicas Sonetos e Poesias

Cultive Inteligência

Há tempos os sábios perceberam que a inteligencia é como um músculo que precisa de exercício, como uma planta que… read more Cultive Inteligência

Posted in Artes Crônicas Política Sonetos e Poesias

Serão os telhados de vidro?

Por vezes, em fim de tarde. A quietude do meu descontentamento, dá por mim a tirar ilações sobre e justiça,… read more Serão os telhados de vidro?

Posted in Artes Crônicas Sonetos e Poesias

O direito de sonhar – Eduardo Galeano

    O direito de sonhar não consta entre os trinta direitos humanos que as Nações Unidas proclamaram em fins… read more O direito de sonhar – Eduardo Galeano

Posted in Artes Ideais Anarquistas Protestos/Manifestos Sonetos e Poesias

Anarquia, forma de governo ou utopia?

  Anarquia, forma de governo ou utopia? Será necessário toda essa hierarquia? O governo aqui não vale nada. Ao povo… read more Anarquia, forma de governo ou utopia?

Posted in Artes Crônicas Ideais Anarquistas Obras Literárias Protestos/Manifestos Sonetos e Poesias

[Amor] Eu sou Vc Em Mim Nós

  – Onde vc mora? – No meu corpo. – Mas onde dorme? – Onde eu estiver. – Vc não… read more [Amor] Eu sou Vc Em Mim Nós

Posted in Crônicas Sonetos e Poesias

Em meu coração há Revolução

Em meu coração palpita o som compassado dos passos de quem marchou e morreu em defesa da vida, da liberdade… read more Em meu coração há Revolução

Posted in Artes Crônicas Sonetos e Poesias

Ciúmes: Causas e uma possível cura – Emma Goldman

Ninguém em geral é capaz de uma intensa consciência interna, porque a vida sempre necessita de esperança para escapar da… read more Ciúmes: Causas e uma possível cura – Emma Goldman

Posted in Crônicas Obras Literárias Sonetos e Poesias

O Diabo e o seu Amigo – Maria Lacerda de Moura

O Diabo e o seu Amigo – Maria Lacerda de Moura

Posted in Artes Obras Literárias Sonetos e Poesias

A Poesia Anarquista

Entre os muitos modos de se falar sobre poesia anarquista, um deles é acompanhar o caminho trilhado por Edgard Leuenroth,… read more A Poesia Anarquista

Posted in Ideais Anarquistas Livros Anarquistas Obras Literárias Sonetos e Poesias

Emma Goldman – Casamento e Amor

CASAMENTO E AMOR EMMA GOLDMAN A noção popular em torno do casamento e do amor é a de que eles… read more Emma Goldman – Casamento e Amor

Posted in Obras Literárias Sonetos e Poesias

Poema Anarquista

Poema Anarquista   Vida cheia de poesia; Sem pátria; Vida em nova sintonia; Sem amo; Vida em constante euforia; Sem… read more Poema Anarquista

Posted in Crônicas Sonetos e Poesias

Piada anarquista: Bakunin foi para o Céu!

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin, o velho revolucionário russo, enfim morreu, para a tranquilidade dos reis, presidentes, burgueses e marxistas. Morreu e,… read more Piada anarquista: Bakunin foi para o Céu!

Posted in Sonetos e Poesias

O Trabalhador

  Levanta de manhã o bom trabalhador, Sereno e contrafeito, ao peso da desgraça, Para a oficina vai o nobre… read more O Trabalhador

Posted in Sonetos e Poesias

A cidade de José Oiticica

Sinto a repulsa dos dominadores… Sou novo, sou ateu, sou anarquista; Não sigo a mesma norma dos doutores E ergo,… read more A cidade de José Oiticica

Posted in Obras Literárias Sonetos e Poesias

InterTexto de Bertold Brech

Primeiro levaram os negros Mas não me importei com isso Eu não era negro Em seguida levaram alguns operários Mas… read more InterTexto de Bertold Brech

Posted in Artes Ideais Anarquistas Livros Anarquistas Mundo Notícias Obras Literárias Sonetos e Poesias

Anarchist Cookbook/O Livro de receitas anarquistas e Anarchist Cookbook 2000 pdf traduzido – Br

The Anarchist Cookbook (“Livro de receitas do anarquista), primeiramente publicado em 1971 é um livro que contém receitas e instruções… read more Anarchist Cookbook/O Livro de receitas anarquistas e Anarchist Cookbook 2000 pdf traduzido – Br

Posted in Anarquismo Ideais Anarquistas Obras Literárias Panfletos anarquistas Sonetos e Poesias

Talvez você seja anarquista e nunca soube disso!

Uma breve e acessível introdução as idéias e práticas e ideais anarquistas. Nota: este panfleto não tem a intenção de… read more Talvez você seja anarquista e nunca soube disso!

Posted in Crônicas Ideais Anarquistas Obras Literárias Sonetos e Poesias

Definição de anarquia – Errico Malatesta

  Anarquia é uma palavra grega que significa literalmente “sem governo”, isto é, o estado de um povo sem uma… read more Definição de anarquia – Errico Malatesta

Posted in Artes Crônicas Obras Literárias Sonetos e Poesias

O Lidador – José Oiticica

O Lidador – José Oiticica   Sou aquele que vai de fronte erguida, Entre turbas hostis ou indiferentes, Cheio de bênçãos… read more O Lidador – José Oiticica

Posted in Anarquismo Crônicas Mundo Notícias Política Sonetos e Poesias

A ilusão do sufrágio universal

O sufrágio universal é a expressão mais ampla, enquanto mais refinado, charlatanismo político do Estado, é, sem dúvida, um instrumento… read more A ilusão do sufrágio universal

Posted in Sonetos e Poesias

Eu sou um anarquista diferente – Osho

A VERDADEIRA LIBERDADE EMERGE DO NOSSO INTERIOR Eu sou um anarquista de uma categoria totalmente diferente daquela de todos os… read more Eu sou um anarquista diferente – Osho

Posted in Obras Literárias Sonetos e Poesias

O Rebelde – Osho

“As pessoas que não podem se rebelar pedem por orientação, querem ser seguidoras. A psicologia delas é a de que… read more O Rebelde – Osho

Posted in Mundo Notícias Obras Literárias Protestos/Manifestos Sonetos e Poesias

O Primeiro Equivoco

O Primeiro Equivoco “O Papa está investido de dois poderes O Soldado defende ambos O cidadão paga por todos três…. read more O Primeiro Equivoco

Posted in Anarquismo Sonetos e Poesias

Da Liberdade por Mikhail Bakunin

Importa-me muito o que os outros homens são, porque por mais independente que me julgue ou que pareça pela minha… read more Da Liberdade por Mikhail Bakunin

Posted in Sonetos e Poesias

O Último Discurso – Charles Chaplin em “O Grande Ditador”

Sinto muito, mas não pretendo ser um imperador. Não é esse o meu ofício. Não pretendo governar ou conquistar quem… read more O Último Discurso – Charles Chaplin em “O Grande Ditador”

Posted in Ideais Anarquistas Política Sonetos e Poesias

És Anarquista?

– Sim, porque sou trabalhador consciente. – Que é ser trabalhador? – É viver pelo esforço do seu trabalho. –… read more És Anarquista?

Posted in Obras Literárias Protestos/Manifestos Sonetos e Poesias

Te quero – Mario Benedetti

Tuas mãos são minha carícia Meus acordes cotidianos Te quero porque tuas mãos Trabalham pela justiça Se te quero é… read more Te quero – Mario Benedetti

Posted in Crônicas Homenagem Sonetos e Poesias

Ano Novo Anarquista – Receita de Ano Novo

Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, Ano Novo sem comparação com… read more Ano Novo Anarquista – Receita de Ano Novo