Resumo conceitual de Capitalismo, Socialismo, Comunismo e Anarquismo




Capitalismo Socialismo Comunismo e Anarquismo

Os conceitos acerca do Capitalismo, Socialismo, Comunismo e Anarquismo são apresentados de forma resumida, é necessário estudo mais detalhado acerca dos temas e seus acontecimentos e mudanças para embasamento mais rico e contemporâneo.

CAPITALISMO – Iniciou-se na Europa. Suas características aparecem desde a baixa idade média (do século XI ao XV) com a transferência do centro da vida econômica social e política dos feudos para a cidade. O feudalismo passava por uma grave crise decorrente da catástrofe demográfica causada pela Peste Negra que dizimou 40% da população européia e pela fome que assolava o povo. Já com o comércio reativado pelas Cruzadas(do século XI ao XII), a Europa passou por um intenso desenvolvimento urbano e comercial e, conseqüentemente, as relações de produção capitalistas se multiplicaram, minando as bases do feudalismo. Na Idade Moderna, os reis expandem seu poderio econômico e político através do mercantilismo e do absolutismo. Dentre os defensores deste temos os filósofos Jean Bodin(“os reis tinham o direito de impor leis aos súditos sem o consentimento deles”), Jacques Bossuet (“o rei está no trono por vontade de Deus”) e Niccòlo Machiavelli(“a unidade política é fundamental para a grandeza de uma nação”).

Com o absolutismo e com o mercantilismo o Estado passava a controlar a economia e a buscar colônias para adquirir metais(metalismo) através da exploração. Isso para garantir o enriquecimento da metrópole. Esse enriquecimento favorece a burguesia – classe que detém os meios de produção – que passa a contestar o poder do rei, resultando na crise do sistema absolutista. E com as revoluções burguesas, como a Revolução Francesa e a Revolução Inglesa, estava garantido o triunfo do capitalismo.

A partir da segunda metade do século XVIII, com a Revolução Industrial, inicia-se um processo ininterrupto de produção coletiva em massa, geração de lucro e acúmulo de capital. Na Europa Ocidental, a burguesia assume o controle econômico e político. As sociedades vão superando os tradicionais critérios da aristocracia (principalmente a do privilégio de nascimento) e a força do capital se impõe. Surgem as primeiras teorias econômicas: a fisiocracia e o liberalismo. Na Inglaterra, o escocês Adam Smith (1723-1790), percursor do liberalismo econômico, publica Uma Investigação sobre Naturezas e Causas da Riqueza das Nações, em que defende a livre-iniciativa e a não-interferência do Estado na economia.

Deste ponto, para a atual realidade econômica, pequenas mudanças estruturais ocorreram em nosso fúnebre sistema capitalista.

COMUNISMO – As idéias básicas de Karl Marx estão expressas principalmente no livro O Capital e n’O Manifesto Comunista, obra que escreveu com Friedrich Engels, economista alemão. Marx acreditava que a única forma de alcançar uma sociedade feliz e harmoniosa seria com os trabalhadores no poder. Em parte, suas idéias eram uma reação às duras condições de vida dos trabalhadores no século XIX, na França, na Inglaterra e na Alemanha. Os trabalhadores das fábricas e das minas eram mal pagos e tinham de trabalhar muitas horas sob condições desumanas.

Marx estava convencido que a vitória do comunismo era inevitável. Afirmava que a história segue certas leis imutáveis, à medida que avança de um estágio a outro. Cada estágio caracteriza-se por lutas que conduzem a um estágio superior de desenvolvimento. O comunismo, segundo Marx, é o último e mais alto estágio de desenvolvimento.

Para Marx, a chave para a compreensão dos estágios do desenvolvimento é a relação entre as diferentes classes de indivíduos na produção de bens. Afirmava que o dono da riqueza é a classe dirigente porque usa o poder econômico e político para impor sua vontade ao povo. Para ele, a luta de classes é o meio pelo qual a história progride. Marx achava que a classe dirigente jamais iria abrir mão do poder por livre e espontânea vontade e que, assim, a luta e a violência eram inevitáveis.



SOCIALISMO – A História das Idéias Socialistas possui alguns cortes de importância. O primeiro deles é entre os socialistas Utópicos e os socialistas Científicos, marcado pela introdução das idéias de Marx e Engels no universo das propostas de construção da nova sociedade. O avanço das idéias marxistas consegue dar maior homogeneidade ao movimento socialista internacional.

Pela primeira vez, trabalhadores de países diferentes, quando pensavam em socialismo, estavam pensando numa mesma sociedade – aquela preconizada por Marx – e numa mesma maneira de chegar ao poder.

O ANARQUISMO foi a proposta revolucionária internacional mais importante do mundo durante a segunda metade do século XIX e início do século XX, quando foi substituído pelo marxismo (comunismo). Em suma, o anarquismo prega o fim do Estado e de toda e qualquer forma de governo, que seriam as causas da existência dos males sociais, que devem ser substituídos por uma sociedade em que os homens são livres, sem leis, polícia, tribunais ou forças armadas. A sociedade anarquista seria organizada de acordo com a necessidade das comunidades, cujas relações seriam voltadas ao auto-abastecimento sem fins lucrativos e à base de trocas. A doutrina, que teve em Bakunin seu grande expoente teórico, organizou-se primeiramente na Rússia, expandindo-se depois para o resto da Europa e também para os Estados Unidos. O auge de sua propagação deu-se no final do século XIX, quando agregou-se ao movimento sindical, dando origem ao anarco-sindicalismo, que pregava que os sindicatos eram os verdadeiros agentes das transformações sociais. Com o surgimento do marxismo, entretanto, uma proposta revolucionária mais adequada ao quadro social vigente no século XX, o anarquismo entrou em decadência. Sem, contudo, deixar de ter tido sua importância histórica, como no episódio em que os anarquistas italianos Nicola Sacco e Bartolomeo Vanzetti foram executados por assassinato em 1921, nos EUA, mesmo com as inúmeras evidências e testemunhos que provavam sua inocência. (CRONOLOGIA DO ANARQUISMO)

Veja tbm o que é: Anarco Capitalismo – Anarco-Capitalistas – Anarquismo de mercado

One comment on “Resumo conceitual de Capitalismo, Socialismo, Comunismo e Anarquismo
  1. Este sistema econômico será viabilizado na inexistência da vontade pessoal ou desejo humano, que diferenciam as pessoas. Sendo os humanos um povo sonhador e com capacidade de desenvolvimento pessoal, acontece a modificação entre as pessoas, não tendo como permanecer uma forma robotizada da humanidade. Observe, pense, tire sua conclusão sobre este novo modelo que estou desenvolvendo.
    Existe outro sistema econômico que deve ser colocado em prática o mais rápido, pois os meios de produção, os bens de produção e a matéria prima devem ser controlados por um sistema único, composto do mercado, apenas o mercado, sem interferência do governo e/ou de uma elite social. Quem implantar nunca mais será esquecido. Dê-me retorno.
    O aumento do poder de compra interno trás benefício moral ao povo e também confiança na política de quem o governa. Uma das maiores forças para alavancar o crescimento da geração de renda por habitante é uma popularização de expectativa de aplicação dos recursos financeiros oriundos de sobras monetárias da população. Caso as aplicações financeiras disponíveis aos habitantes sejam a nível popular, tem se a abertura de novas formas de investimentos e uma crescente uniformidade em nível de geração de novos empregos e aumento da renda passiva em massa. Não privatizar e sim criar novas empresas privatizáveis.
    A oportunidade de aplicação dos recursos financeiros oriundos de sobras monetárias da população cria a possibilidade de um esquema mercadológico que garantirá a população o controle do sistema econômico. Sendo proprietário das ações empresariais o povo passa a ter controle, pois é o próprio dono. Na abertura de capital das empresas, qualquer pessoa tem o direito de compra das ações, podendo ser o padeiro, o açougueiro, o dentista, o médico, o advogado, o professor, os funcionários, em fim todas as pessoas que tenha um capital disponível pode aplicar em ações destas empresas, garantindo uma renda extra pelo investimento a qual é conhecida como renda passiva, pois não necessita da presença do proprietário do capital para se realizar. A aplicação das sobras monetárias sendo de uma forma precisa e constante vai chegar um momento que esta renda passiva se tornará maior que a renda ativa (que é a renda vinda da ação ativa ou trabalho direto com a presença para a renda se realizar), quando a renda passiva ultrapassar a renda ativa, a pessoa só trabalha se quiser, não tendo mais a obrigação de trabalhar, a partir deste momento terá o fator diferencial na vida, podendo gozar de tempo para realizar o que antes o tempo ocioso não existia e impossibilitava de realizar. Esta renda é um direito hereditário podendo o sucessor já começar a vida sendo desobrigado a trabalhar pela renda, realizando o serviço não por obrigação, mas sim por opção, realizando-o de forma mais agradável e atingindo qualidade superior no trabalho. Ao aplicar as sobras desta nova renda e a renda passiva anterior, terá uma crescente renda passiva, a qual se trabalhada com precisão só tende a aumentar.
    Neste sistema econômico os meios de produção, os bens de produção e a matéria prima não pertencem ao governo e nem a uma elite da sociedade, a qual é disponibilizada pelo mercado, o qual é o único responsável. Não existindo a tão falada divisão de classes. Cada qual é responsável pelo seu direito de existir e viver da forma que melhor lhe convêm.
    Sendo criado um conselho municipal com um fundo provedor de recursos financeiros para ampliação do complexo industrial no município com caráter exportador para o qual fica estabelecida a responsabilidade deste conselho da verificação de potencialidade da economia local em aproveitar os recursos municipais disponíveis. Uma vez que todo município tem vantagens naturais em relação a outros, sendo aproveitadas por meio de industrialização com prioridade na exportação. Atuando em qualquer setor da economia, serviços de segurança, saúde, educação, lazer, etc. Este conselho municipal tem como objetivo e responsabilidade maior e prioritário o aumento da geração de renda passiva para seus habitantes, com autonomia na decisão de aplicação dos recursos financeiros disponíveis da população em qualquer uma das empresas criadas pelo sistema.
    A criação das empresas fica a cargo de uma comissão executiva de pesquisa para verificar a possibilidade presente de uma fábrica capaz de utilização dos recursos disponíveis no município. Uma vez implantada, tem se a obrigação de que seja alcançado de forma rápida o ponto de equilíbrio e um crescente lucro financeiro. Assim que ultrapassar a fase de estabilidade e tornar a empresa lucrativa, abre-se o capital a nível municipal e sempre com lucro pela implantação, com esse capital somado com o lucro dá início a abertura de outra empresa com finalidade de exaurir completamente o consumo da matéria prima por meio de exploração industrializada localmente e assim chegar a nível zero de exportação de matéria prima e sim tendo a frente massiva de exportação dos produtos acabados.
    Após utilização de todos os recursos disponíveis localmente, faz se necessário a importação de matéria prima para novos produtos desenvolvidos no município. A abertura de capital a nível municipal se dará pela popularização da bolsa de valores para compra e venda de ações empresariais. Sendo esta municipal, uma agência pequena para transações dos habitantes locais. Assim que esta pequena agência se tornar lucrativa abre-se o capital e sempre com lucro pela implantação.
    Tendo como finalidade deste conselho municipal a geração de renda passiva aos habitantes, fica evidente que uma vez iniciado o esquema, sempre haverá recursos financeiros disponíveis para abertura de novas empresas. Sendo que jamais serão utilizados os recursos do fundo deste conselho para outros fins a não ser em novas empresas com finalidade de abertura de capital e sempre com lucro pela implantação. Os funcionários deste conselho serão contratados por prestar concurso escrito e assinado no papel e microfilmado, para ficar arquivado como documento que pode ser apreciado por qualquer pessoa a qualquer tempo pela internet e a partir dos pontos acumulados, ocupa-se a cadeira o mais apto, sem estabilidade, errou , deixa a vaga para o próximo imediatamente.

Deixe uma resposta