Charlie Hebdo – As 6 charges mais polêmicas

As 6 charges mais polêmicas do Charlie Hebdo

Confira as charges e capas mais polêmicas do Charlie Hebdo, o jornal da França que costuma publicar conteúdo satírico sobre o islamismo e seus símbolos.

Charlie-Hebdo-As-6-charges-mais-polemicas

A sede do jornal francês “Charlie Hebdo” foi atacada nesta quarta-feira (7), em Paris, e deixou ao menos 12 mortos, entre eles, editores e cartunistas do jornal e dois policiais. O jornal satírico costumava publicar charges polêmicas sobre o islamismo e seus símbolos, e já havia sido alvo de ataques anteriormente.
Confira abaixo algumas das charges mais polêmicas do jornal envolvendo o tema religião:

Capa de jornal satírico “Charlie Hebdo” traz Maomé beijando cartunista com o texto “o amor, mais forte do que o ódio”.

Capa de jornal satírico “Charlie Hebdo” traz Maomé beijando cartunista com o texto “o amor, mais forte do que o ódio”.

O diretor e cartunista da ‘Charlie Hebdo’, Stéphane Charbonnier, publicou em 2013 dois quadrinhos sobre a vida de Maomé; o primeiro falava de ‘O início de um profeta'; representação do profeta é tabu entre muçulmanos.

O diretor e cartunista da ‘Charlie Hebdo’, Stéphane Charbonnier, publicou em 2013 dois quadrinhos sobre a vida de Maomé; o primeiro falava de ‘O início de um profeta’; representação do profeta é tabu entre muçulmanos.

 

Cartum satirizando o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, foi última públicação de jornal antes de atentado.

Cartum satirizando o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, foi última públicação de jornal antes de atentado.

 

Capa de setembro de 2012 sob o título ‘Intocáveis’ mostra rabino empurrando um muçulmano numa cadeira de rodas, que o alerta ‘não se deve zombar’

Capa de setembro de 2012 sob o título ‘Intocáveis’ mostra rabino empurrando um muçulmano numa cadeira de rodas, que o alerta ‘não se deve zombar’

 

Capa de julho de 2013 mostra muçulmano sendo alvejado e trazia a frase ‘o Corão é uma merda’ e o aviso: ele não para balas.

Capa de julho de 2013 mostra muçulmano sendo alvejado e trazia a frase ‘o Corão é uma merda’ e o aviso: ele não para balas.

 

Capa de novembro de 2012 ironizava a Santíssima Trindade, O Pai, o Filho e o Espírito Santo, e trazia o tema casamento gay.

Capa de novembro de 2012 ironizava a Santíssima Trindade, O Pai, o Filho e o Espírito Santo, e trazia o tema casamento gay.

 

Leia também: O ataque à revista satírica francesa Charles Hebdo é uma ação do fascismo islâmico que só fortalece o fascismo europeu.

Leia também: Entenda a história do Jornal ‘Charlie Hebdo’ – Alvo de ataques de extremistas a tiros em Paris

One comment on “Charlie Hebdo – As 6 charges mais polêmicas
  1. Pingback: O ataque à revista satírica francesa Charles Hebdo é uma ação do fascismo islâmico que só fortalece o fascismo europeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *