Protesto contra aumento de passagens Centro do Rio de Janeiro – 10-06-2013

Protesto contra o aumento das passagens no Rio traz tumulto às ruas 10-06-2013

Protesto contra o aumento das passagens no Rio traz tumulto às ruas 10-06-2013

Protesto contra aumento de passagens Centro do Rio de Janeiro (10-06-2013) terminou em confusão a nova manifestação contra o aumento das passagens de ônibus no Rio de Janeiro, que subiram de R$ 2,75 para R$ 2,95 no sábado(8). Nesta segunda-feira(10), por volta das 16h30, cerca de 300 pessoas se reuniram nas escadarias da Câmara Municipal, na Cinelândia, Centro da cidade, onde começou o protesto, inicialmente pacífico.

Relato de um manifestante anônimo:

“Começou na cinelândia, estávamos indo em direção a candelária. Nem meia hora de protesto e a tropa de choque já estava em cima. Quando paramos em frente ao tribunal, houve a primeira prisão, a de um dos punks. Começou o caos daí. O pessoal que foi tentar impedir saiu levando spray e cacetada. O pessoal começou a correr e a juntar, e continuaram a gritar palavras de ordem meio andando, meio correndo quando explodia alguma coisa até a cinelândia. Pouco depois do tribunal, queimaram um desses cilindros de plástico laranja de orientação, e aí começou a destruição. O pessoal começou a quebrar e chutar lixo, pegar coco dos lixos e pedras e a revidar a polícia. A marcha foi até a pres. vargas aonde o pessoal, em pânico, se dispersou em três grupos. Vários foram detidos e machucados, dos mais de 2000 que foram.
Muitos P2 na passeata, um deles começou a confusão que levou ao início de tudo.”

Um protesto contra o aumento da tarifa de ônibus no Rio mobilizou cerca de 300 pessoas e causou tumulto no centro da cidade, a partir das 17h30 desta segunda-feira. O grupo se concentrou nas escadarias da Câmara Municipal, na Cinelândia, e seguiu dali pela rua Evaristo da Veiga rumo à avenida Presidente Antônio Carlos.

O ato avançou em direção à Avenida Rio Branco, o que acabou prejudicando o trânsito na via por alguns minutos. Quando o tráfego foi liberado, os manifestantes seguiram para a Rua Araújo Porto Alegre e Avenida Antonio Carlos, onde cercaram um ônibus.

Protesto contra o aumento das passagens no Rio traz tumulto às ruas 10-06-2013

O protesto foi pacífico até que o grupo chegou à frente do Fórum. Nesse momento alguns manifestantes começaram a destruir tapumes e a Polícia Militar interveio. Foram usadas bombas de efeito moral e balas de borracha, os os manifestantes responderam atirando pedras contra os policiais.

Protesto contra o aumento das passagens no Rio traz tumulto às ruas 10-06-2013

Para dispersar a manifestação, o Batalhão de Choque da Polícia Militar soltou bombas de efeito moral, afastando a multidão, o que provocou correria e tumulto nas ruas do Centro do Rio. Em resposta, os ativistas jogaram cocos contra os PMs. Alguns estabelecimentos próximos à Alerj chegaram a fechar as portas.

protesto-rio-10-06-2013

Mesmo com a repressão do Batalhão de Choque da PM, o protesto chegou a Rua Primeiro de Março, fechada por volta de 18h40. No local, os manifestantes queimaram lixo e entulho e os PMs responderam com spray de pimenta.

protesto-rio-10-06-2013

A confusão chegou até a Avenida Presidente Vargas, onde os PMs utilizaram cerca de dez bombas de efeito moral e dois carros blindados para conter a aglomeração. Todas as faixas da via foram fechadas entre a esquina da Rio Branco e a Uruguaiana.

ⒶVANTE CⒶMARⒶDⒶS!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *