Hidroponia – O que é e como funciona

A hidroponia é um método de cultivo que dispensa a utilização de terra, e funciona graças a soluções nutritivas externas e adaptadas para fornecer todos os nutrientes que uma planta precisa.

A hidroponia é um método de cultivo que dispensa a utilização de terra, e funciona graças a soluções nutritivas externas e adaptadas para fornecer todos os nutrientes que uma planta precisa.

 

Utilizada para cultivo de plantas sem a necessidade de utilizar os nutrientes e minerais do solo, a hidroponia é uma técnica que funciona graças a soluções nutritivas externas (artificiais) e adaptadas para o fornecimento de todos os minerais, água e nutrientes que a planta precisa para se desenvolver completamente. Em geral, é um método utilizado em estufas que deixam as raízes suspensas ou quando as plantas estão apoiadas em substratos do tipo inerte, como areia lavada.

Leia Também: 5 DICAS SIMPLES PARA PRATICAR A SUSTENTABILIDADE

A hidroponia também pode ser utilizada para o plantio caseiro. Neste caso, o sistema hidropônico é mais simples, e conta apenas com uma estrutura que permita a sustentação da planta e um reservatório que comporta a solução nutritiva. A hidroponia caseira também pode ser do tipo flutuante, com uma solução nutritiva dissolvida em um tanque ou reservatório de pequeno ou médio porte.

Leia Também:  [MANUAL] COMO FAZER UM AQUECEDOR SOLAR DE GARRAFAS PET

Como funciona a hidroponia

Para entender o processo de hidroponia, é preciso saber que uma planta se desenvolve apenas em um meio composto por água, nutrientes, calor (sol ou iluminação artificial) e minerais. É justamente para substituir a ausência destes fatores, ou algum deles, que a hidroponia foi criada e adaptada para diferentes ambientes.

Leia Também:  COMO FAZER SABÃO CASEIRO

Para o cultivo, coloque as plantas que deseja em recipientes que comportem a solução nutritiva. Você pode inserir meios de sustentação, como pedras ou areia, que irão fazer o papel do substrato. Aqui, a dica é analisar a espécie de cultivo para não errar a mão e colocar mais, ou menos, nutrientes do que o necessário. Verifique também, periodicamente o pH da água para manter seu nível de qualidade adequado.

Leia Também: INDÚSTRIA FARMACÊUTICA A INDUSTRIA DA MENTIRA E DO DINHEIRO

Via: www.dinamicambiental.com.br/

, , ,

Deixe uma resposta