Resultados da busca por: anarquistas

Anarquismo – Resumo Completo em PDF

Anarquismo (do grego ἀναρχος, transl. anarkhos, que significa “sem governantes”, a partir do prefixo ἀν-, an-, “sem” + ἄρχή, arkhê, “soberania, reino, magistratura”[3] + o sufixo -ισμός, -ismós, da raiz verbal -ιζειν, -izein) é uma filosofia política que engloba teorias, métodos

Continue lendo

Perspectivas de Leitura e educação: algumas reflexões sobre o acesso à informação e a militância anarquista no Brasil na Primeira República.

Este texto tem como proposta pensar a questão da leitura no Brasil do início do século XX, a partir de

Continue lendo
Por Uma História Transnacional Da Imprensa Anarquista e Anticlerical: A Repercussão Do Caso Ferrer Pelas Páginas Subversivas Argentinas, Brasileiras e Espanholas (1909-1916)

Por Uma História Transnacional Da Imprensa Anarquista e Anticlerical: A Repercussão Do Caso Ferrer Pelas Páginas Subversivas Argentinas, Brasileiras e Espanholas (1909-1916)

O presente artigo pretende refletir sobre algumas das novas tendências e possibilidades historiográficas verificadas no campo da história do trabalho

Continue lendo
Geografia, educação libertária e escola pública na Europa entre os séculos XIX e XX: um programa de emancipação através do saber

Geografia, educação libertária e escola pública na Europa entre os séculos XIX e XX: um programa de emancipação através do saber

Geografia, educação libertária e escola pública na Europa entre os séculos XIX e XX: um programa de emancipação através do saber.

Continue lendo
Anarquismo e a Revolução Negra

Anarquismo e a Revolução Negra

Anarquismo e a Revolução Negra. brancos. Isto é um erro tanto estratégico, quanto político, que condenou o movimento anarquista fazer…

Continue lendo
Buscar a Transformação Social? - Posfácio em Júnior Bellé, "Balaclavas e os Profetas do Caos: manufatura libertária vs indústria da rebeldia", 2009.

Buscar a Transformação Social? – Posfácio em Júnior Bellé, “Balaclavas e os Profetas do Caos: manufatura libertária vs indústria da rebeldia”, 2009.

Este artigo foi escrito como posfácio do livro Balaclavas e os Profetas do Caos: manufatura libertária vs indústria da rebeldia,

Continue lendo