Uganda aprova projeto de lei que pune gays com prisão perpétua

Uganda-aprova-projeto-de-lei-que-pune-gays-com-prisao-perpetua

Kampala – Foi aprovado nesta sexta o projeto de lei anti- gay que pune com prisão perpétua os homossexuais. O projeto não apenas penaliza as pessoas LGBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transexuais) como qualquer pessoa que venha a protegê-las.

O projeto dará poderes para o governo de Uganda extraditar qualquer ugandense envolvido em atividades de promoção da homossexualidade. Apesar de o Parlamento ter aprovado a lei, o presidente pode usar seus poderes para vetá-la, segundo a organização Out and Proud Diamond Group.

– A comunidade LGBT tem feito grandes progressos este ano em direitos dos homossexuais no Reino Unido, Estados Unidos França e muitos outros países. Mas na Nigéria, Uganda, República Democrática do Congo e Índia têm sido um desastre – disse a organização em comunicado, lembrando que esse projeto de lei não serve apenas para os ugandeses em Uganda, mas também para turistas LGBT e expatriados em Uganda. A comunidade internacional deve colocar avisos de viagem para suas pessoas LGBT que desejarem viajar para esses destinos.

Uganda-aprova-projeto-de-lei-que-pune-gays-com-prisao-perpetua

O ativista gay Frank Mugisha disse que precisa da comunidade internacional para chamar a atenção para o projeto de lei.

– Todos os meus colegas estão em pânico. Eles acreditam que vão morrer. O projeto de lei enfraquece a proteção de Uganda aos direitos humanos, viola as suas obrigações de tratados internacionais e a própria Constituição do país – disse Frank.

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto!

 

Via

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *