Protopia

Protopia
A palavra protopia foi cunhada a partir da junção do radical latino pro que significa em “favor de” com o radical grego τόπος, “lugar”. Seu sentido é, ao mesmo tempo, ‘lugar favorável’ e ‘em favor de um lugar’. Em contraposição a idéia de utopia (“não lugar” ou “lugar impossível”), protopia trata da projeção de espaços onde possam se reunir aqueles que almejam a possibilidade de viver uma vida libertária construindo um futuro em comum. Se organizando em redes que vão buscando entre as pessoas de fora outros que queiram se libertar para constituir mais desses espaços.
Dentro destes ‘lugares favoráveis’ que chamaremos de ‘zonas libertárias’ as pessoas vivem e garantem sua sustentabilidade. São organizadas cooperativas através das quais são produzidos bens e serviços a serem utilizados ou trocados com outras zonas libertárias. Também acontecem mutirões de trabalho coletivo para tarefas de construção e manutenção. Entre diferentes zonas vão se formando relações de apoio mútuo e redes econômicas, circuitos de festas e de viagem. E o mais importante: vidas plenas e prazerosas, festas, uma grande aventura de interdependência.
Os objetivos de Protopia são:
  1. consolidar uma rede de zonas libertárias.
  2. servir de inspiração prática para as pessoas que não estão nesta rede através da propaganda pela ação.
  3. servir de refúgio para os que compreenderem e se engajarem em sua proposta.
  4. consolidar uma rede de defesa mútua.
  5. derrubar pouco a pouco a influência e a necessidade do capitalismo e do estado agindo com ações práticas mas principalmente agindo no imaginário de quem quer que seja.
Visite o portal do Protopia clicando aqui.
,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *