Fullmetal Alchemist – Brotherhood

A historia começa em uma pequena cidade do interior, chamada Resenbool, onde vivem os irmãos Edward e Alphonse Elric, filhos de Van Hohenheim (no mangá; Hohenheim da Luz no anime) e de Trisha Elric.



Assista todos os episódios de FullMetal Alchemist:

 

Quando eram pequenos, o pai misteriosamente abandona a família. Algum tempo depois, Trisha acaba morrendo devido à uma doença antiga que nunca tratou. Desde então, Edward, o mais velho dos irmãos, passou a culpar o próprio pai pela morte da mãe. Arrasados com a morte de quem tanto amavam, tentam ressuscita-la,



utilizando uma técnica proibida da qual tomaram conhecimento lendo um dos livros que Hohenheim havia deixado em casa, sobre Alquimia. Diz a Alquimia que pode se conseguir qualquer coisa, desde que se pague o que se deseja tanto com um valor equivalente. É a lei máxima da Alquimia, a “Troca Equivalente”. Transmuta-se um objeto reorganizando e recombinando as substâncias químicas que compõem o objeto. Como um corpo humano é composto por diversos elementos químicos, em teoria, pode-se criá-lo misturando os elementos certos e em suas devidas proporções. Pondo esta teoria na prática, os irmãos utilizam a receita do livro para trazer a mãe de volta a vida, e, como último ingrediente, acrescentam uma gota seu de sangue, que carrega as lembranças genéticas da mãe. Assim, é quebrado o maior tabu da Alquimia: a Transmutação Humana. Entretanto, os irmãos conseguem reviver apenas o corpo da mãe, sem alma. E por terem praticado a transmutação humana, são levados até a Porta da Alquimia (o Portal), onde o preço do corpo da mãe é cobrado: Edward perde sua perna esquerda, enquanto seu irmão Alphonse perde todo o seu corpo. Edward então sacrificou o seu braço direito em troca da alma do seu irmão, que ele selou (utilizando um selo de sangue) em uma antiga armadura.

Edward usa Automails (próteses mecânicas) implantadas no lugar dos membros perdidos, então os irmãos Elric partem em busca da lendária Pedra Filosofal, a qual, reza a lenda, amplia os poderes de um alquimista e através dela, fazendo com que possam ignorar a lei da troca equivalente, de modo que eles poderiam de alguma forma, recuperar seus corpos. Porém, eles não são os únicos interessados no artefato, os Homunculus (seres humanos artificiais), também estão atrás da pedra. Para facilitar a sua busca, Edward entra para o exército, tornando-se um Alquimista Federal (por muitos denominados “cães do exército”) e passa a ser conhecido pela alcunha de Alquimista de Aço. Eles ainda cruzam o caminho de Scar, um sujeito de poderes misteriosos que busca se vingar de todos os Alquimistas Federais que encontra pela frente. Em sua jornada, os irmãos Elric descobrirão conspirações e ligações entre o exército e os homunculus.

━━━━━━━━━━━━━━━━━━━

❍ E n r e d o

━━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━━

A história gira em torno dos protagonistas, Edward Elric e Alphonce Elric, dois aventureiros Alquimistas, ambos nascidos e criados na cidade de Resembool. Após a morte de Trisha (mãe dos garotos) devido a uma doença incurável, os irmãos Elric abordam o desespero e passaram à procurar alguma forma de ressucitá-la, aprimorando suas habilidades e estudando por meio de diversas pesquisas sobre o recurso de ressurreição. Mais tarde, eles descobrem a Transmutação Humana, um recurso praticamente impossível de ser realizado, um enorme tabu que jamais deve-se ser quebrado no mundo da Alquimia. Como o esperado, nada ocorreu como previsto. O portão da verdade consumiu o corpo de Alphonse e a perna esquerda de Edward como uma troca equivalente, num ato de desespero, Edward sela a alma de seu irmão em uma armadura a “custo de qualquer coisa”, cujo orgão levado foi o seu braço direito. Após suas dores e fracassos, ambos seguem suas aventuras em busca de algum recurso que possa recuperar novamente os seus corpos.

「• • •」

▸ P e r s o n a g e n s ◂

▹ O s · C i n c o · P e õ e s ◃

━━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━━

༿ ོ

• E d w a r d E l r i c •

﹛エドワード・エルリック﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Romi Paku ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Principal protagonista da série, conhecido como o Alquimista do Aço. As decepções cercaram o personagem muito cedo, na ausência do pai, a solidão passou a tomar conta do garoto e, em massa, tudo custou caro. Após a morte de sua mãe, Trisha, e na ausência de seu pai, Hohenheim, seu filho abordou o desespero e tentou trazê-la novamente a vida por meio da poderosa Alquimia, assim, quebrando uma grande regra do conselho estadual, resultando na perda de sua perna, e o sacrifício de seu braço através da “transmutação humana”. Após seu grande fracasso em suas façanhas, Ed e Al, ambos ingressaram como Alquimistas do estado à procura de mais recursos em suas pesquisas, na busca de seus corpos, onde formaram fortes vínculos, aliados e inimigos.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Edward é um garoto de pavio curto, odeia ser julgado por seu tamanho e, na maioria das vezes, é confundido com a grande estrutura de seu irmão, Alphonse Elric. O personagem transmite diversas mensagens de acordo com sua história árdua, mas o amor que o mesmo assegura por seus aliados é sua maior qualidade, semelhante ao seu grande senso de justiça. Foi mostrado sua grande característica verbal no qual a autora soube introduzir ao personagem também através da filosofia bem formada nos atos do protagonista. Acima de todo o padrão, é bom ressaltar que Edward sacrificaria qualquer coisa para o bem de seu irmão mais novo.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

Sua aparência é esbelta, bem desenhado e com belos traços formados pelo ótimo estúdio (Bones). Ele possui longos cabelos louros e com alguns detalhes trançados, olhos castanhos (esverdeados em plena luz), pele clara e serena, com algumas cicatrizes em seu braço direito (local onde assegura sua cirurgia). Edward possui dois Automails (órgãos mecânicos) em seu corpo, sendo eles de puro aço, localizados em seu braço direito e também em sua perna esquerda. Geralmente não costuma ser casual, sempre tradicional e sem manhas com suas roupas, seguindo quase sempre com o mesmo visual, são eles: uma camiseta preta coberta por um casaco preto e com um pequeno broche de metal em seu peito, utiliza uma calça preta e suas barras são cobertas por suas botas aparentemente encouraçadas, também aprenseta um sinto marrom e um par de luvas brancas como vestimentas casuais. Na minoria das vezes, ele é visto coberto por sobretudo vermelho.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• A l p h o n s e E l r ic •

﹛アルフォンス・エルリック﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Rie Kugimiya ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Irmão mais novo de Edward Elric, um grande Alquimista de força mediana. Alphonse fez parte da transmutação humana, junto ao seu irmão mais velho, que por sinal, foi o maior afetado no momento em que conjurou a “troca equivalente”. Seu corpo foi completamente levado, porém, seu irmão no ato mais desesperado possível, selou sua alma em uma grande armadura de ferro, isso lhe custou o sacrifício de seu braço direito. Devido ao seu porte vazio e resistente, Al não sente fome, dores ou cansasso, fazendo de seu suposto corpo uma grande arma em suas batalhas.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Al acompanha seu irmão mais velho em quase toda as aventuras possíveis, provocando diversas brigas entre ambos devido ao cotidiano bem cheio e sobrecarregado. Ele é confundido com seu irmão na maioria das vezes, isto devido ao seu visual mais avantajado. O personagem tem um carisma imenso com o público e transmite de forma agradável todos os seus desejos, que por vez, é apenas recuperar o seu corpo e aproveitar ao lado de seu irmão o que o mundo pode oferecer de melhor. Vale citar que, seu irmão mais velho nunca o venceu em batalha.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

O visual encontrado em sua infância define gradativamente o seu corpo nas brechas encontradas no final da obra. Por fora de sua grande armadura de metal, visando seu corpo original, Al tem uma postura firme e mais formal que o seu irmão. Ele possui cabelos curtos e louros com uma pequena franja em seu rosto, olhos esverdeados e pele clara. Seu rosto é mais arredondado e suas roupas não são definitivas. O corpo de Al foi visto por Edward a frente do portão da verdade em sua forma desnutrida e pálida.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• W i n r y R o c k b e l l •

﹛ウィンリィ・ロックベル﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Megumi Takamoto ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Filha de um casal de médicos que foram mortos na guerra em Ishival, desde então, passou a ser criada por sua avó, Pinako, juntamente aos irmãos Elric, acolhidos após a morte de sua mãe. Winry criou um laço muito forte com os irmãos Elric quando ainda eram crianças, após a terrível falha na transmutação humana entre ambos, a mesma passou a dedicar sua vida a criação de Automails (órgãos mecânicos), vendo o equipamento fornecido como uma forma de contribuir no objetivo de Ed e Al na busca de seus corpos.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Winry é uma garota extremamente divertida, carinhosa e ingênua. O seu jeito simples de introduzir sua força através dos sentimos que impõe sobre seus aliados, demonstra sua grande característica protetora causada pelos diversos perigos que seus amigos enfrentam. Ela é muito dedicada na criação de Automails, que de certa forma, adquiriu certo amor ao equipamento, sempre tentando evoluir sua eficiência em mecânica. Apesar de aparentar uma garota simples e meiga, Winry se irrita facilmente com qualquer implicância.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

Seu visual não é tão delicado, mas apresenta lindos traços. Ela possui grandes olhos azuis, longos cabelos louros e uma pele bem clara. Sua postura é conveniente ao ambiente, uma garota alta e magra com visual variado em diversas situações, geralmente costuma utilizar um lenço de cor aleatória em sua cabeça nos momentos de concerto, também incluindo seus dois brincos de metal em sua orelha direita.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• R o y M u s t a n g •

﹛ロイ・マスタング﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Shin’ichirō Miki ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Alquimista federal de Amestris, titulado como Flame Alchemist. Sua Alquimia é a mais cogitada entre todos, utilizando uma luva inflamável com um circulo de Alquimia, Roy tem liberdade para controlar o fluxo de oxigênio, criando uma combustão seguida de explosão. Sua poderosa alquimia foi desvendada pelo pai de Ryza, conhecido como Berthold Hawkeye, morto após ter um ataque muito ocasional devido a sua doença misteriosa. Roy jurou ao seu mestre algum dia virar um grande alquimista do estado, no qual adquiriu títulos e reconhecimentos ainda cedo, no sangrento “massacre de Ishival”, também recebendo amigos, como o Dr. Nox e Maes Hughes.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Inicialmente visto como um folgado oportunista que evita o trabalho e se aproveita de lindas garotas através de sua Alquimia (técnica de tirar oxigênio), deixando-as tontas e as socorrendo como um “humilde” cavalheiro. Apesar de não aparentar, ele é extremamente calculista e vaidoso, demostrando muitas vezes sua calma em momentos complicados. Roy é muito frio em seus atos, exigente e não tolera erros ou traições.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

O personagem é um dos mais trabalhados na obra, seguindo com muitos detalhes visuais e expressões na qual varia em momentos específicos. Ele possui curtos cabelos pretos caídos sobre o seu rosto (jogados para traz em momentos casuais), e seus olhos no mesmo tom. Sua pele é clara, um pouco bronzeada e não possui muitas cicatrizes, mas ele adquiriu uma bem grande em seu abdômen após enfrentar o seu primeiro homunculus. Ele costuma ser muito formal com suas roupas, sempre usando seu uniforme de trabalho que se aplica a um sobretudo azul e alguns acessórios.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• R i z a H a w a k e y e •

﹛リザ ·ホークアイ﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Michiko Neya ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Tenente das linhas de frente, conhecida por seus “Olhos de Águia”, uma franco atirador que honra seu título. Ela não tem grande destaque na obra, porém, possui grandes passagens no qual a torna um personagem essencial para todo o contexto, geralmente vista com os irmãos Elric ou ao lado de Roy Mustang. Ela perdeu sua mãe muito cedo, mas seu pai, Berthold Hawkeye, um alquimista não muito conhecido, conseguiu lhe retribuir o consolo de um verdadeiro familiar. Mais tarde, a pequena garota conhece o aprendiz de seu pai, Roy Mustang, cujo desejo era um dia ser o Führer de Amestris, o que mostrou certa influência em seu futuro. Seu pai guardou todas as suas pesquisas em uma tatuagem que é encontrada em suas costas, que mais tarde, foi decifrada por Roy após a morte de seu mestre.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Riza é uma garota aparentemente tímida, séria, leva o serviço muito a sério e não costuma demonstrar aparentes falhas em seus atos. Ela possui uma personalidade formal, poucas vezes demonstrando seu lado divertido. A personagem tem criação base na história de Roy, assim, demonstrando total lealdade ao seu superior e também considerado braço direito.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

Ela apresenta tem um visual pouco tradicional, mudanças casuais são bem difíceis, momentos como souta os seus cabelos ou não utiliza suas vestes de serviço. Costuma ser muito formal, sempre utilizando o seu uniforme do Estado, no qual diz ser sua alma e o motivo de suas forças. Ela possui longos cabelos louros (geralmete presos e no formato tradicional do exército) e seus olhos são castanhos. Sua pele é clara e com algumas cicatrizes, principalmente em suas costas, local onde se localiza sua tatuagem da Alquimia do fogo.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• M a e s H u g h e s •

﹛マース・ヒューズ﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Keiji Fujiwara ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Tenente Coronel das forças militares de Amestris, conhecido como o melhor pesquisador e informante do estado. O Coronel Hughes é um dos personagens mais atenciosos da obra, mostrando bem essa característica dando às ótimas boas vindas a Ed e Al em sua casa, apresentando-lhes a sua família. Ele conheceu Roy Mustang na guerra de Ishival, assim se tornando o seu melhor amigo, também braço direito, tendo em mente poder algum dia vê-lo ser titulado o novo Führer de Amestris. Ele é um exemplo de pai, sendo o mais apegado possível em sua filha, Elicia, e sua mulher, Gracia. Sua morte ocorreu após descobrir informações importantes sobre os Homunculus, morto por Envy, na plena aparência de sua mulher.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Este sem dúvidas é o personagem que encanta qualquer indivíduo com sua linda personalidade, sendo um exemplo de união. O mesmo possui grande participação no enredo, ainda após sua morte. Ele conquistou grande parte do público com sua característica protetora direcionada a sua família, sempre jogando na cara de seus amigos o quão lindas são suas garotas, mimando muito suas queridas como um pai protetor. Seu grande carisma se torna uma comédia agradável na obra, muitas vezes citado pelo próprio que, ele é um andarilho das sombras, seu serviço não é lutar contra os grandes “vândalos Alquimistas”.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

Ele possui um visual muito ocasional, sendo na maioria das vezes abordado pelo uso de seu uniforme do exército. O mesmo apresenta curtos cabelos negros, olhos escuros e uma barba muito raza. Sua pele é clara, sem feridas aparentes, com postura formal, atribuído por sua grande altura. Ele costuma vestir seu uniforme azul do exército, utilizando seus cabelos para traz, com um óculos que na maioria das vezes tende a utilizar.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• A l e x L o u i s A r s m t r on g •

﹛アレックス・ルイ・アームストロング﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Kenji Utsumi ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Um Alquimista Federal e membro das Forças Armadas de Amestris, um grande prodígio da família Armstrong. Sua grande força é o que lhe qualifica como um grande federal, sendo muito rápido, apesar de não aparentar devido ao seu grande porte físico. Ele possui um grande senso de justiça e sempre faz jus ao seu nome e ao de seus aliados, dando o seu corpo como escudo em batalhas decisivas. Ele possui grandes habilidades em lutas corpo a corpo, mostrando bem suas características através de seu título, “Strong Arm Alchemist”.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Alex Louis Armstrong ou relatado como Major Armstrong, é incrivelmente conhecido por ser o extremo oposto de sua irmã mais velha, demonstrando um carisma imenso em variados momentos da obra. O grande destaque do personagem se qualifica em sua forma de auto-avaliaçao, um extremo vaidoso que esbanja a sua beleza através de seus músculos a qualquer momento. O que mais chama a atenção em seu personagem, certamente é a forma em que o mesmo se arrisca por seus aliados a qualquer custo.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

Sua beleza é o grande destaque deste grande Alquimista exibido. O mesmo possui um grande porte físico, incrivelmente musculoso, até mesmo o seu rosto possui um formato grande e cheio. Ele possui olhos azuis e uma expressão séria, não apresenta grande quantidade de cabelos, mas coloca um pequeno charme em alguns pequenos fios louros acima de sua testa, também possui um pequeno bigone louro. Não costuma utilizar camisetas em batalhas, visto na maioria das vezes com seu uniforme azul de Amestris.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• O l i v i e r M i r a A r m s t r o n g •

﹛オリヴィエ・ミラ・アームストロング﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Stephanie Young ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Irmã mais velha de Alex Louis Armstrong, legítima herdeira da família Armstrong e também comandante das fronteiras do norte em Fort Briggs. Conhecida como “Ice Queen”, isso devido ao grande trabalho de liderança em Fort Briggs. Ela não possui um contato forte com a Alquimia, entretanto é uma grande estratégista em batalhas, visando cada detalhe e os pontos fracos de seus inimigos. A luta corpo a corpo geralmente não a favorece, mas mesmo com este ponto fraco, ela utiliza uma espada esgrima em algumas ocasiões. Seu grande forte em batalhas se qualifica em inteligência e armas de fogo.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Mira é extremamente calculista e séria, seu estilo muito formal define o seu padrão de personalidade, apresentado um equilíbrio de seriedade e auto-controle em qualquer situação. O formato em que a mesma se coloca perante o seu irmão, demonstra seu lado divertido, sendo poucos os momentos em que seu carisma é cogitado, isso devido ao sua grande estatura formal.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

Seu visual é extremamente delicado e com grandes traços meigos, o que qualifica fortemente sua grande beleza. Seus cabelos são longos, louros e com uma grande franja jogada a frente de seu olho direito. Ela possui uma expressão extremamente séria, seus olhos são azuis e a mesma apresenta um olhar intimidador. O grande forte da sua beleza se apresenta em seus grandes lábios rosados. Sua postura formal define até mesmo suas roupas, sendo elas azuis, apenas vista com o uniforme de Fort Briggs ou com um grande sobretudo preto que a protege do frio.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• V a n H o h e n h e i m •

﹛ヴァン・ホーエンハイム﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Unsho Ishizuka ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Um antigo e poderoso Alquimista, pai de Ed e Al, marido de Trisha. Este é o último sobrevivente de Xerxes, sendo consedida a vida eterna pelo “Pai”, através de centenas de almas. Ele era um escravo que não tinha nem mesmo um nome, optado a ser chamado de apenas 23, sua numeração de entrada entre os escravos. O desenvolvimento de sua história ocorre após o surgimento do Homunculus que foi criado através de seu sangue, o mesmo lhe deu o seu nome e também lhe ensinou ler e escrever, sendo também o seu mestre na Alquimia. Após se libertar do trabalho escravo, Hohenheim passa a ser o supervisor de seu senhor, acompanhado do Homunculus que passou a ser conhecido como Pai, mas foi traído e carregou o fardo de libertar uma maldição de seu frasco. Mais tarde, ele reencontrou Trisha, sua amiga de infância, no qual passou a ser sua esposa e tiveram dois filhos, Edward e Alfose Elric.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

O pior exemplo de um pai, isso define um pouco este personagem. O mesmo foi obrigado a abandonar a sua família em busca de uma solução para os seus erros no passado, o que resultou em ausência. Em sua primeira aparição, após alguns feitos, Hohenheim tenta se aproximar de um de seus filhos de forma indireta, porém não se sente digno de ser pai dos garotos. Em meio a muitas batalhas, o personagem consegue se aproximar de sua família aos poucos, relatando os motivos de sua ausência.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

Quando jovem, Hohenheim costumava ser um garoto de porte médio e magro, olhos acastanhados seguindo uma expressão séria. Seus cabelos lembravam os de seu filho mais velho, Edward. Ocmesmo não possuía roupas descentes e andava como um escravo. Mais tarde, com aparência um pouco mais velha, ele passa a adquirir um visual mais formal, ternos marrons e roupas do gênero. Seu rosto sofreu modificações com o seu envelhecimento, uma média barba loura, marcas em seu rosto e o uso de óculos de lentes.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• L i n g Y a o •

﹛リン・ヤオ﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Mamoru Miyano ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

O décimo segundo príncipe herdeiro do império de Ximg, líder do clã Yao. Ling parte em uma aventura com direção a Amestris, em busca da pedra filosofal para garantir sua imortalidade, e também o seu lugar no trono entre a grande quantidade de irmãos que possui. Ele possui dois fiéis vassalos de sua família, a jovem Lan Fan e seu avô Fu, ambos protetores do chamado “jovem príncipe”. O mesmo também cedeu ao domínio de Greed, neste curto período, ambos passam a trabalhar juntos e Greed torna a ajudar o jovem garoto.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Ling é um garoto muito preguiçoso. O mesmo mantem os seus olhos sempre decaidos e apresenta uma expressão risonha, o que define em sua personalidade uma certa característica visual. Ele consegue enganar muito bem os seus alvos, sempre confiante e astuto em batalhas, não costuma deixar brechas fáceis aos seus inimigos. Seu maior ponto fraco se encontra na aliança que possui com seus amigos, que de fato é um afeto alto que o leva a arriscar sua própria vida. Mesmo participando de atividades casuais, ele deixa bem claro o seu grande objetivo, que se aplica a uma forte obsessão de se obter a imortalidade.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

Ele aborda o visual de um Gatuno. Seus cabelos são longos e negros (geralmente presos e com uma pequena franja sobre seu rosto). O seu olhar é pálido, mantém seus olhos fechados de forma simpática e preguiçosa na maioria das vezes, mas quando abertos, demonstra uma grande expressão séria e determinada. Ele costuma usar roupas despojadas, são elas: uma blusa amarela e aberta, mostrando o seu mediano físico seguindo de um pequeno welpon sobre seu peito (através deste, consegue fixar sua espada sobre suas costas), suas calças são largas em sentido balão, acompanhada de pequenas sapatilhas pretas.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• M a y C h a n g •

﹛メイ・チャン﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Mai Goto ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

A decima sétima princesa de Xing, uma pequena e poderosa garotinha. O seu clã se encontra num momento conturbado e sem recursos, praticamente esquecido. A pequena aventureira ficou encarregada de uma missão importante, cujo objetivo era adquirir algum recurso que pudesse aumentar os prestígios de seu clã, que por sinal, se encontrava em decadência. Após a descoberta da pedra filosofal, May passa a se aventurar na grande cidade de Amestris na intenção de adquirir a imortalidade, assim podendo presentear o Imperador de Xing com o recurso.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Ela é incrivelmente fofa e carismática, odeia ser recebida com decepções e a mesma demonstra muitas desconfianças perante seus aliados. May possui como o seu melhor amigo, Xiao-Mai, um pequeno pandinha medroso e brincalhão. No decorrer da obra, a personagem consegue demonstrar um lado divertido e um dos maiores carismas que o enredo proporciona. Apesar de tudo, May coloca o seu objeto há frente de qualquer coisa, cujo desejo é obter a pedra filosofal.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

A pequena garotinha é muito delicada. Seu visual fofo aborda os tradicionais costumes de Xing, sendo eles: roupas largas de costumes monarcas. Seus cabelos são negros, trançados e com dois detalhes presos, como a famosa Chumlee de Street Fighter. Ela possui grande olhos vivos e escuros, seu rostinho arredondando provoca muita fofura vindo da personagem, sendo também atribuído neste aspecto fofo através de seu pequeno tamanho físico.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• S c a r •

﹛スカー﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Ryotaro Okiayu ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Um sobrevivente de Ishival que busca vingança contra todos os soldados de Amestris. Scar não revela o seu nome, o mesmo possui uma aparição um tanto repentina. Em meio a todo o tormento que a sua população passou devido a guerra com os soldados de Amestris, o suposto vingador tem como objetivo eliminar os utilitários da Alquimia. O seu braço esquerdo é uma lembrança física de seu irmão mais velho, onde guardava em formato de letras tatuadas todas as suas pesquisas, com este braço, ele faz jus ao nome de seu povo.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Scar demonstra muita frieza em todos os seus gestos, sem impedimentos em seus objetivos. O garoto carrega uma grande dor devido a extinção de sua população, então foi dito pelo próprio que, “seu nome, família, passado, tudo o que lhe pertencia, agora é mais um fardo de Deus”. Apesar de expressar toda a sua arrogância com seriedade, ele também demonstra uma grande humildade e um grande senso de justiça com facilidade.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

Scar possui um visual muito detalhado e único, que se encontra apenas na população de Ishival. O seu rosto foi marcado com uma cicatriz no formato de um “x” na explosão provocada por Kimblee, que também resultou na perda de seu braço esquerdo. Porém com a morte de seu irmão, ele carregou como lembrança física todas as pesquisas que ficaram​ marcadas no braço de seu irmão. Ele possui olhos vermelhos, pele escura e olhos avermelhados (típico da população Ishivana). Suas vestes geralmente são cobertas por uma capa esverdeada e seus olhos são escondidos por pequenos óculos escuros.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◍◍◍

• I z u m i C u r t i s •

﹛イズミ・カーティス﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Shoko Tsuda ❜

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Mentora de Edward e Alphonse em Artes Marciais e Alquimia, mais conhecida como uma dona de casa. Izumi perdeu o seu filho ainda em sua barriga, a mesma não conseguia engravidar com facilidade, no ato mais desesperado possível, praticou a Transmutação Humana para trazer o seu falecido filho de volta a vida, entretanto, nada ocorreu como o esperado, como custo ao abrir o portão da verdade, ela perdeu alguns de seus orgão internos que a tornou incapaz de ter filhos.

   —   P e r s o n a l i d a d e

╰───────────

Ela é extremamente poderosa com sua Alquimia, porém sofre devido a perda de seus órgãos. A mesma não costuma se gabar como uma Alquimista, opta por ser chamada de uma simples “Dona de Casa”. O seu jeito agressivo, temperamental e sobrecarregado reflete nos medos em que os irmãos Elric possuem devido ao seu rigor no passado treinamento árduo em que tiveram. A personagem acima de qualquer coisa, possui um carisma incrível.

   —   A p a r ê n c i a

╰────────

Ela é aparentemente uma jovem, apesar de já estar em sua meia idade. Seus cabelos são curtos, trançados e escuros, geralmente opta por prendê-los. Seus olhos são escuros e sua expressão é levada ao extremo lado sério. Suas vestes geralmente são as mesmas, são elas: Uma blusa branca de botões com longas abas, calça justa e escura e um calçado muito simples, uma sandália casual.

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━ •••

◉◉◉

⌈ P² – Homunculus ⌋

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

   —   D e s c r i ç ã o

╰────────

Os Homunculus possuem um visual humano como principal base, sendo totalmente artificiais. O meio de sobrevivência destes é através da pedra filosofal que se aloja em certa parte de seus corpos, sendo praticamente imortais, tendo como núcleo todas as almas que lhes foram alojadas, com exceções para King Bladley e Greed, que foram criados a partir do mérito da pedra filosofal. Cada homunculus possui um poder específico, sendo eles, totalmente fora do conceito que a Alquimia propõe. Eles são identificados através de suas marcas de Ouroboros, localizada em certa parte específica de seus corpos.

◌◌◌

• F a t h e r — C r i a d o r •

﹛お父様﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Kent Williams ❜

Este foi criado apartir do sangue de Hohenheim. No início, a pequena criaturinha não demonstrava ameaças, muito pelo contrário, tornou Hohenheim quando ainda garoto em um grande homem. Porém, seu pensamento maligno o levou a trair seu suposto amigo e usou a cidade de Xerxes como um alvo de extermínio para o avanço de sua força. Como recompensa de liberdade, o mesmo depositou uma pedra filosofal em Hohenheim. Mais tarde, ele passa a colocar os seus planos em prática, criando alguns filhos vindos de seus pecados habituais, que de certa forma o mesmo ato, também retribuiu ao seu fracasso. O Pai é simplesmente a criatura que pretendia se tornar Deus.

◌◌◌

• P r i d e — O r g u l h o •

﹛プライド﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Brittney Karbowski ❜

Este representa todo o “Orgulho” que o Pai encontra em sua auto estima. Pride é inicialmente visto no formato de uma criança que se apresenta como Selim Bradley, filho de Whath. O mesmo possui uma aparência medonha e de longe a mais amada. Sua personalidade psicótica e assustadora, perante até mesmo seus aliados, é demonstrada com facilidade quando sua forma real é revelada, sendo parecida com o visual inicial do Pai, grandes rabiscos de sobras com dentes afiados. Seu grande ponto fraco se encontra na total escuridão.

◌◌◌

• L u s t — L u x u r i a •

﹛ラスト﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Yūko Satō ❜

Esta representa a Luxúria que o Pai sobrepõe ao seu suposto lazer. Ela é extremamente vaidosa, não apenas fisicamente, mas também em seus atos. A mesma foi uma das responsáveis pela morte do Coronel Hughes. Lust não costuma atacar diretamente os seus alvos, enviando sempre alguém em seu lugar para fazer o serviço pesado, porém, mostrou suas habilidades em algumas ocasiões, sendo elas: algumas garras extremamente afiadas em longa distância, através da transmutação de sua mão. Ela foi morta por Roy Mustang, incendiada, um dos momentos mais marcantes da obra.

◌◌◌

• G l u t t o n y — G u l a •

﹛グラト二ー﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Yasuhiro Takato ❜

Este representa o pecado da Gula, a segunda “ambição” do Pai. Gluttony é de longe o personagem mais amado da obra, sendo um gordinho chato, esfomeado, irritante e infantil, ama comer carne humana, inclusive quando seus alvos ainda estão vivos. Sua fome insaciável também levou a pensar em devorar sua própria mestra, Lust. Ele não costuma lutar muitas vezes, mas o mesmo demonstrou que tem certa ligação com a “transmutação de Xerxes”, quando ativado o seu suposto portão divino da destruição, assim sugando tudo a sua volta para uma dimensão de colisão, encontrada dentro de seu corpo.

◌◌◌

• S l o t h — P r e g u i ç a •

﹛スロウス﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Patrick Seitz ❜

Este representa a preguiça. Sua personalidade é um tanto abobalhada, não demonstra inteligência alguma, faz tudo apenas por instinto e não coloca muitas metas para obter seus objetivos. Sua função é escavar os túneis subterrâneos de Amestris, mas sua preguiça permite que o mesmo faça tudo com grande lerdeza. Seu físico extremamente forte o torna praticamente imune a danos básicos de armas de fogo, sua principal habilidade se baseia em super velocidade.

◌◌◌

• E n v y — I n v e j a •

﹛エンヴィー﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Mayumi Yamaguchi ❜

Este representa o pecado da inveja, a grande cobiça do Pai sobre a humanidade. Envy é simplesmente um personagem fantástico. Seu grande senso de humor não leva o público a odiá-lo devido a sua história bem elaborada e seu imenso carisma. Ele foi o responsável do grande massacre em Ishival e também a morte do Coronel Hughes, sendo um grande alvo de Roy Mustang. Por traz deste personagem se esconde uma brilhante idéia de estratégia emocional, ligando tudo ao sarcasmo do indivíduo através de suas jogadas. Seus poderes estão ligados as suas almas obtidas através da pedra filosofal, podendo adquirir seu devido visual por meio de simples transformações. Sua forma original é uma das mais esquisitas possíveis, mostrando as almas obtidas em movimento na sua grande pele verde no formato de um dinossauro.

◌◌◌

• W h a t h — I r a •

﹛ラース﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Hidekatsu Shibata ❜

Representa a ira sobre a humanidade, segundo os pensamentos malignos do Pai. Este foi transmutado apartir da pedra filosofal quando ainda humano, mostrando muito mais força destrutiva em sua formação, também podendo envelhecer. O mesmo é reconhecido como King Bradley, o Führer que controla as decisões do estado de Amestris. Sua grande capacidade de manejar espadas é o seu principal poder de ataque, mostrando sua furia na extrema habilidade que possuí com suas grandes laminas, com cortes incapazes de serem vistos. Ele foi morto por Scar, já ferido em batalha.

◌◌◌

• G r e e d — G a n â n c i a •

﹛グリード﹜

━───────────────────━

━───────────────────━

❛ Dublador (a): Jun’ichi Suwabe ❜

O grande pecado da ganância, atribuído pelo Pai, sendo atraído pela riqueza, poder, mulheres e etc. O seu jeito extremo de não gostar de receber ordens de superiores o tornou a ovelha negra da família, sendo ele, um conquistador. Greed já havia formado uma pequena família após se afastar dos homunculus por conta própria, mas todos foram massacrados pelos guardas de Amestris. O mesmo foi levado novamente para o Pai, absorvendo o seu núcleo, sendo colocado em Ling Yao, que mais tarde, passa a formar uma união com o jovem garoto.

↼☓⇀

▸ O Que é Alquimia? ◂

▹ T r a n s m u t a ç ã o · H u m a n a ◃

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

Por meio de alguma fascinação humana, qualquer pessoa ao abordar o tema Shounen em FMAB, acaba tendo idéias contrárias sobre a famosa “Alquimia” que se encontra na obra. Muitos optam em dizer que são poderes, alguns sugerem a utilização de magia ou o famoso instrumento psíquico. Porém, é aqui que nos enganamos, existe uma realidade em partes nesta incrível criação. A Alquimia realmente existe, não de forma tão exagerada como temos em mente, em visão realista, é uma ciência antiga da idade média (conhecida como “a arte”) que possuía como objetivo a fabricação sintética de ouro e a vida eterna. Algumas vezes confundida com ocultismo, magia, bruxaria ou feitiçaria.

A diretriz base da Alquimia em FMAB consegue ir muito mais além do simples lazer, provocando diversas vezes consequências ao usuário. A tão famosa Alquimia com toques aplicados seguem a casualidade dá ciências, também diversificando os custos no qual é composto, sendo eles: a compreensão, decomposição e recomposição da matéria. O habitual da transfusão é o material menos composto, assim tornando a ciências mais leve, fundindo ciências e artes místicas, também conhecido como Renkinjutsu.

Muitos fatos são alterados sobre a citada Alquimia, de acordo com os termos do enredo, é impossível adquirir algo sem um sacrifício do mesmo valor, sendo um recurso que exige extrema cautela do usuário. A chamada “Troca Equivalente” ocorre através da transmutação (símbolos) no qual fornece a matéria em seu desejado estado, facilitando a utilização do usuário em variados formatos de Alquimia.

↼☓⇀

▸ Troca Equivalente ◂

▹ P e d r a · F i l o s o f a l ◃

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

A transmutação humana é um tabu que não deve ser quebrado na Alquimia, pois o ato é praticamente impossível de ser realizado, com graves consequências. A troca equivalente para adquirir um certo objeto raro, sai caro, convenhamos que o preço de uma vida, material algum pode pagar, tornando as chances muito menores que o habitual. Como já citado, criar coisas do nada é impossível, entretando, a pedra filosofal é um recurso que foge totalmente das regras que a Alquimia impõe, sendo ela composta por centenas ou milhares de almas, realizando feitos no qual são conhecidos como “milagres”.

A pedra filosofal é muito conhecida em filmes e algumas séries, temos Harry Potter como o maior exemplo possível, porém, o material não é tão explorado como na série de FMA, a tornando uma chave para o enredo geral. Os feitos que o poder de uma pedra filosofal possui em alguns universos paralelos, vai além da capacidade humana, contendo alguns poderes surreais, entre eles, a tão cobiçada imortalidade.

•••••• ━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━ ••••••

◎◎◎

• Momentos Marcantes •

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

Em meio a todo o enredo complexo, algumas cenas provavelmente superou as espectativas de qualquer público independentemente de seus gostos diferenciados. Um dos momentos tristes e, ao mesmo tempo, um pouco nostálgico na obra, reflete no longo episódio em que Edward e Alfonce passam a conhecer a pequena garota, Nina, cujo o pai era um suposto cientista de muito valor para o estado, isto devido a farsa de transformar sua esposa em uma Chimera e simplesmente utilizar a Transmutação Humana bem sucedida como desculpa para os seus atos. Entretando, a história nos surpreende com uma garota adorável sendo mais uma vítima de seu pai psicótico, que ao ter seus reconhecimentos por um fio, optou em transformar sua própria filha em uma Chimera, juntamente ao seu cachorro de estimação.

Este momento sem dúvidas gerou ódio, rancor ou até mesmo lágrimas de qualquer indivíduo, entretanto, Scar, um aparente suposto justiceiro, consegue tirar o fardo árduo da dor e colisão da pequena garota em que ainda amava o seu pai, mesmo após todos os seus atos. Então, neste mesmo episódio, surge um vingador Ishivano, cuja característica é eliminar todos os pecadores que esteja ao seu alcance, como já citado, o mesmo passa a ser chamado Scar (nome representativo de sua grande cicatriz em seu rosto).

━───────━┅━───────━

━───────━┅━───────━

Outro fato marcante e chamativo na obra, provavelmente qualquer fã de Fullmetal reconhece de longe. Sim, estou me referindo ao Massacre em Ishival (forma em que Roy prefere chamar a sangrenta guerra). O início de todo o tormento se encontra baseado na fraude em que Envy armou contra Amestris, matando uma criança Ishivana inocente com a aparência de um soldado do estado. Então isto deu início ao “Grande Massacre”, que de fato, provocou a extinção da nação Ishivana e a indignação nos possíveis sobreviventes. Os Ishivanos mortos em combate foram utilizados como fornecimento de almas para criações de diversas pedras filosofais.

Apesar de todas as façanhas de Envy, que ao decorrer da obra, conseguiu provar a sua verdadeira escencia como um vilão, este não morre de forma odiada e, sim, como um auto-reconhecimento de sua inveja pela humanidade. O mesmo não atingiu um estado sólido perante a humanidade, mas se sentiu indignado quando percebeu o que realmente sentia perante a raça frágil que ele tanto pensou odiar, sendo apenas uma árdua inveja. Foi então que sua morte foi declarada como um covarde, optando em se destruir para fugir de seus problemas.

━───────━┅━───────━

━───────━┅━───────━

Não é preciso citar muito da obra para que tenha em mente a incrível produção que a Autora (Hiromu Arakawa) nos fornece juntamente ao estúdio Bones, que já possui qualidade em seu território Shounen a muito tempo. A incrível nostalgia nos contamina de início ao fim, mostrando cada detalhe com rigor e obrigação de nos surpreender um pouco mais até mesmo após reassistir a obra toda em sua segunda, terceira ou quarta vez.

↼☓⇀

• FMA Clássico Ou Brotherhood? •

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

A prova de que uma obra pode ser muito melhor quando segue os indícios reais do mangá se apresenta neste anime. Tudo bem, 2003 para 2009, é uma grande evolução, mas ambos possuem grande qualidade, ambos são ótimas animações, entretando, Brotherhood demonstrou ser um tanto superior ao clássico. Talvez isto seja devido ao tempo, animações ultrapassadas, datas fissuradas e entre outros possíveis casos, mas a minha opinião já é formada a tempos sobre este mesmo assunto, um anime é mil vezes melhor quando segue a história de seu verdadeiro autor, sem modificações de direção ou animações individuais do estúdio, o enredo tende a ser melhor se for fiel ao original contexto apresentado no mangá. Brotherhood segue essa diretriz e, com isso, demonstrou ser extremamente superior em diversos aspectos.

↼☓⇀

❍ A n á l i s e

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

— I n f o r m a ç õ e s B a s i c a s

╰───────────────

Full Metal Alchemist é um mangá escrito por Hiromu Arakawa e publicado na Monthly Shonen Gangan (revista da Square Enix similar à famosa Shonen Jump) de 2001 à 2010, totalizando 108 capítulos ou 52 volumes encadernados (chamados no japão de Tankobons). A obra teve duas adaptações para a mídia televisiva, uma homônima de 2003 à 2004 e outra com subtítulo Brotherhood de 2009 à 2010.

↼☓⇀

❑ Primeiras Impressões

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

A base inicial é a chave para todo o futuro contexto. Como qualquer anime bem desenvolvido, a obra apresenta boa qualidade visual e boas batalhas de cara, nos primeiros episódios, assim provocando a alegria do público Shounen, no qual adere o gênero à procura de longos contextos casuais e com lutas marcantes. Foi citado que, a segunda versão de FMA não foi por conceito dos gráficos ultrapassados e, sim, em busca de mais coerentes ao mangá, porém, o primeiro episódio foi variado, indo um pouco ao contexto avançado, motivando o grande público com pequenos Spoilers.

A apresentação inicial mostra uma grande prévia do grande potêncial que FMAB possuí, sendo algumas marcas que lhe provoca ansiedade por mais episódios rapidamente. Seria uma decepção julgar a grande obra pela capa, abreviando a “introdução” muito parada e longa, com grande quantidade de fillers. O público que curte uma certa aba do gênero seinen, certamente pode não considerar FMA uma casualidade infantil, isto devido a muitos momentos complexos e detalhados.

↼☓⇀

— A. E n r e d o

╰──────

✐ A crítica vinda desta obra é focada nas variações de contexto entre as duas versões de animação já produzidas, sendo Brotherhood mais semelhante ao mangá. Por um lado, o anime de 2003 ganha no aspecto medonho, mais macabro e com poucas sensuras. Entretanto, a versão Brotherhood (produzido em 2009) ganhou um enredo muito mais organizado, seguindo os principais detalhes do mangá. O principal motivo de um contexto tão bem formado ser cogitado diversas vezes, se empenha no grande aproveitamento em que o Estúdio Bones consegue fazer em todo o conteúdo geral, utilizando cada detalhe como centro das atenções, de forma que até mesmo os coadjuvantes se destaquem no enredo. Apesar de curto, contendo pequenos 64 episódios, tudo se torna muito complexo, o que de fato representa uma motivação para rever a obra com um olhar mais crítico.

✐ A Alquimia não é colocada como apenas outra habilidade qualquer, nesta obra, a ciências é muito bem explorada, não apenas no sentido em que absorve a Alquimia como influência de pesquisas, este também se resume ao conteúdo inteiro em que a obra se apresenta. Os Homunculus, seres artificiais, criados a partir da pedra filosofal ou seres vindos do Pai, são também, de certa forma, um conteúdo baseado em ciências, o que prova a transmissão de aprendizado ao longo do enrendo, fortificando o lado mais intelectual, muito bem trabalhado na versão de Brotherhood.

✐ Outro ponto forte no enredo é a amizade que Edward e Alphonse transmite ao público, uma relação acima de apenas um simples familiar. O irmão mais velho, Edward, guarda consigo um relógio de bolso, um acessório privativo de cada Alquimista do estado de Amestris, porém, neste, ele fez questão de descrever a data em que perderam seus corpos na parte superior do relógio, tendo em mente uma responsabilidade, um fardo de influência. Entretanto, Alfonce não permite que o garoto carregue tal peso sozinho, juntamente a Winry, sua mecânica, apresentando boa responsabilidade e maturidade perante toda a situação que lhes convém.

— A. A m b i e n t e

╰────────

✐ A produção visual é um fator que eu considero apenas otimizado. Na versão clássica, não havia tantas sensuras como em Brotherhood, porém, por outro lado, ganhamos um visual mais completo, isto provavelmente devido às épocas em que ambos foram criados, sendo Brotherhood mais atual, possuindo certa vantagem em materiais de animação. A grande exploração no cenário em que cada momento é apresentado é um detalhe muito bem destacado na obra, com bons efeitos, luminosidade bem aproveitada e fortes animações. Fort Briggs, a fronteira do norte, é um grande exemplo de cenário a ser citado, isto devido ao ambiente frio e bem detalhado, produzido com base em nevascas típicas do clima real.

— A. P e r s o n a g e n s

╰──────────

✐ Este é o grande destaque de todo o enredo, tendo bom aproveitamento em variados aspectos, como já citado anteriormente, temos o exemplo da grande amizade dos protagonistas, o atributo que fortifica muito bem o enredo. Os personagens possuem uma qualidade intelectual, pensativa, um fator muito agradável de ser recebido. A qualidade apresentada através dos personagens se resume em filosofia, aplicando à lógica idealista de pensamento vindo dos mesmos, atingindo capacidades de fortalecer até mesmo os vilões por meio desta característica, que por sinal, é outro detalhe muito bem explorado.

✐ O lado oposto da força, conhecido como Homunculus ou apenas vilões utilitários da pedra filosofal, são alvos de contradição em meio a todo o enredo. Cada Homunculus se aplica a um pecado mortal, isto vindo do pai, porém, apesar de colocar uma forma apática de colocação em cada gesto, os mesmos demonstram um lado de seguimento próprio, infligindo a consciência, exemplos como Envy e Greed, dois grandes seguimentos do antagonismo. Voltando a citar o momento clássico, Brotherhood se demonstrou ser um tanto evolutivo a complexidade sombria no enredo, apresentando uma correção (melhoras) na forte em que os homunculus foram criados, sendo eles: antes, homunculus eram criados através do gesto de Transmutação Humana, já em Brotherhood, são criados através do elemento antagonista, o Pai.

— O Q u e É T ã o A t r a t i v o ?

╰───────────────

✐ A versão de Brotherhood é muito bem desenvolvida, não relata muitos momentos clichês e atende a quase todas as espectativas do público. O seu enredo é voltado a diversos focos, não se torna algo enjoativo devido a boa desenvoltura, contendo muitos pontos positivos, sendo eles, um ótimo estúdio de peso no qual atende por nomes como: Eureka Seven, Noragami e o mais recente, Boku no Hero Academia. Também temos itens no qual são bem explorados em filmes de grande renda comercial, são eles, a Pedra Filosofal e Automails.

✐ A grande surpresa elaborada com qualidade, é o fato que a obra não se prende ao seu formato citado, não se baseia apenas em Shounen, de forma que a arrogância em gêneros não se aplique ao objetivo principal, isto devido a fidelidade a versão original do mangá. Claro, não posso iludir o leitor com minhas palavras, mas não posso deixar de citar que, na maioria das vezes, você sente que falta algo, um enredo um pouco mais animado, porém, como já dito, não irei te iludir, isto é recompensado com uma grande qualidade inserida na comédia bem introduzida no anime em geral.

↼☓⇀

》》T. S o n o r a

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

— T e m a s D e A b e r t u r a

╰─────────────

✐ Um dos grandes investimentos que atinge uma qualidade reconhecível nesta obra se qualifica em sua trilha sonora muito bem composta por melodias e animações gradativas. O formato animado em que cada opening (abertura) é apresentada, normalmente tem uma tendência de provocar grande nostalgia ao público, que de fato é um objetivo alcançado. A incrível idéia de introduzir melodias de openings passadas em alguns futuros episódios, demonstra o quanto a trilha sonora é bem aproveitada no enredo, formando todo o conjunto completo e bem qualificado.

➥ A G A I N — ‘‘➊•➊➍’’.

➥ H O L O G R A M — ‘‘➊➎•➋➏’’

➥ G o l d e n T i m e L o v e r — ‘‘➋➐•➌➑’’.

➥ P E R I O D —   ‘‘➌➒•➍➒’’.

➥ R A I N — ‘‘➎➊•➏➍’’.

— T e m a s D e E n c e r r a m e n t o

╰────────────────

✐ Ao passar do tempo, as endings (terminações) nas animações começaram progredir e ganhar uma certa atenção, superior, devido a importância que os encerramentos representam. No decorrer dos arcos, o público facilmente adere um carinho por todas as endings de Brotherhood, sendo extremamente bem trabalhada e bem aproveitada no enredo geral, de forma que não fique sob as openings em qualidade sonora. A canção Let It Out recebeu adaptações em 5 idiomas, e até hoje é um destaque na produção de fã convers, acoustic’s e etc.

➥ U S O — ‘‘➊•➊➍’’

➥ LET IT OUT — ‘‘➊➎•➋➏’’

➥ T s u n a i d a T e — ‘‘➋➐•➌➑

➥ S h u n k a n S e n t i m e n t a l — ‘‘➌➒•➍➒’’

➥ R a y O f L i g h t — ‘‘➎➊•➏➌’’

↼☓⇀

❒ Impressões Finais

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

Devo confessar que fiquei surpreendida com toda a ligação que o conteúdo literal nos propõe, diversificando muitas vezes na forma em que é produzida as situações de emoções, batalhas, estudos e etc. Todo o contexto possui uma liberdade incrível sobre a influência dos personagens, até mesmo a trilha sonora é bem explorada na obra, utilizando sua melodia mais nostálgica para o fechamento do anime em seu espisodio final.

Convenhamos que Brotherhood perdeu um pouco daquela pegada sombria que afetava FMA Clássico com grande qualidade, mas em troca, recebemos mais mistérios, provas de amizade, princípios no qual não tínhamos nem ideia que realmente existia devido a forma de pensar de cada personagem e etc. O grande ponto de todo o contexto é simplesmente resumido em genialidade.

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

— C u r i o s i d a d e s

╰─────────

✐ Neste tópico, deixarei algumas observações interessantes sobre a animação de Fullmetal Alchemist, pequenas abreviações que demonstram uma segunda face em pequenos detalhes da produção. Os devidos créditos pertencem ao site: Anima Fanzines, fonte no final do conteúdo.

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

____________

➥ Em uma entrevista publicada no guia oficial da série, autora disse que sua ideia para a série inicialmente era outra. Segundo ela, o protagonista teria 18 anos e não 15 e teria a companhia do pai que teve a alma fixada em um esquilo voador após uma transmutação mal-sucedida.

____________

➥ A data gravada no relógio de prata é diferente nas duas versões do anime. No clássico está escrito “Don’t  forget 3 oct 10”.  Já em Brotherhood é “Don’t forget 3 oct 11”, mesma data presente no mangá. Além disso, o relógio de prata é apenas um símbolo dos Alquimistas Federais, enquanto no clássico ele amplifica suas habilidades graças a uma pedra filosofal dentro dela.

____________

➥ Pouca gente sabe, mas o nome de Hiromu Arakawa na verdade é Hiromi. Ela trocou seu nome, escolhendo um pseudônimo masculino, com medo de que seu mangá não fosse bem aceito pelos leitores de shonen por ela ser mulher. Outra curiosidade sobre ela é que ela sempre se representa nos extras do mangá como uma simpática vaquinha de óculos.

____________

➥ Falando em nome, muitos dos principais personagens de Fullmetal Alchemist têm seus nomes inspirados em coisas relacionadas com a guerra, podendo variar de armas até aviões. O Alquimista das Chamas, Roy Mustang, carregando o nome do P-51 Mustang, um caça norte americano usado na 2ª Guerra. Seu subordinado, Jean Havoc, é outro carrega o nome do helicóptero Mi-28 Havoc.

____________

➥ Uma péssima notícias para os fãs de Roy Mustang e Riza Hawkeye: eles não podem se casar. Segundo a autora, devido ao regulamento militar, se eles quisessem se casar teriam que abandonar o exército e, como sabemos, isso não parece estar nos planos dos dois.

____________

➥ Apesar de Riza Hawkeye dizer no mangá que não tem nenhum familiar conhecido, foi confirmado que o general Grumman é avô materno de Riza. Ele não carrega o mesmo sobrenome por ser materno, sendo que antigamente as gerações só carregavam o sobrenome do pai.

____________

➥ A fiel cadelinha de Winry Rockbell, Den, existiu na vida real. A personagem canina do mangá foi baseada numa cadela de mesmo nome que a autora teve. Uma bela homenagem não?

____________

➥ O misterioso pai de Edward e Alphonse Elric, Van Hohenheim é uma “homenagem” a um alquimista alemão que carrega o mesmo nome: Philippus Aureolus Theophrastus Bombastus von Hohenheim (ok, a autora usou parte do nome), também conhecido como Paracelso. O Alquimista foi escolhido para ser representado no mangá uma vez que fez os primeiros relatos sobre Homunculus, que tem relação com o personagem na série. Melhor ir parando por aqui porque falar mais é spoiler

____________

➥ Edward, Alphonse e Izumi carregam a cruz de Flamel em seus trajes, sendo Edward na capa, Alphonse no braço da sua armadura e Izumi tatuada logo abaixo do pescoço. A imagem da cruz é o símbolo da alquimia, sendo formada por uma serpente enrolada nela, uma coroa e um par de asas logo acima. O símbolo foi criado por Nicolas Flamel (que também dizem ter criado a pedra filosofal e o elixir da vida eterna).

____________

➥ Mãos de Tesoura? Sim, o Edward Elric recebeu esse nome graças ao personagem do clássico filme de Tim Burton.

____________

➥ Barry, O Açogueiro é uma referência a Jack, O Estripador, o lendário assassino em série que agiu em Londres no século 19.

╭────╮

FONTE

╰────╯

━━━━━━━━━━━━━━━━━━

N. F i n a i s

──────

➘➘➘➘➘➘➘➘➘➘➘

┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅

ENREDO: 10❚10

┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅

PERSONAGENS: 10❚10

┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅

ANIMAÇÃO: 7❚10

┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅

TRILHA SONORA: 9❚10

┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅

NOTA FINAL: 9❚10

┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅┅

➚➚➚➚➚➚➚➚➚➚➚

    — THE END.

  ───────

‘‘Não se pode aprender nada de uma lição que não venha acompanhada da dor. Já que não se pode conseguir nada sem um sacrifico. Mas quando se aguenta essa dor e a supera, as pessoas conseguem um coração que não perde para nada. Sim, um coração como aço.’’

                                                            ~ Edward Elric

━━━━━━━━━━━━━━━━━━━

━━━━━━━━━━━━━━━━━━━

Via: otanix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *