Friedrich Engels

Friedrich Engels

Friedrich Engels

Friedrich Engels (/ˈfʁiːdʁɪç ˈɛŋəls/) (Barmen, 28 de novembro de 1820 — Londres, 5 de agosto de 1895) foi um teórico revolucionário alemão que junto com Karl Marx fundou o chamado socialismo científico ou marxismo. Ele foi coautor de diversas obras com Marx, sendo que a mais conhecida é o Manifesto Comunista1 . Também ajudou a publicar, após a morte de Marx, os dois últimos volumes de O Capital, principal obra de seu amigo e colaborador.

Grande companheiro de Karl Marx, escreveu livros de profunda análise social. Entre dezembro de 1847 à janeiro de 1848, junto com Marx, escreve o Manifesto do Partido Comunista, onde faz uma breve apresentação de uma nova concepção de história, afirmando que:

“A história da humanidade é a história da luta de classes.”

Biografia

Principal colaborador de Karl Marx, Engels desempenhou papel de destaque na elaboração da teoria comunista, a partir do materialismo histórico e dialético. Nasceu em 29 de novembro de 1820 e morreu em 5 de agosto de 1895. Era mais velho de nove filhos de um rico industrial de Barmen (Alemanha).

Na juventude, fica impressionado com a miséria em que vivem os trabalhadores das fábricas de sua família. Fruto dessa indignação, Engels desenvolve um detalhado estudo sobre a situação da classe operária na Inglaterra. Em 1842, Engels de 22 anos de idade foi enviado por seus pais para Manchester, Inglaterra, para trabalhar para o Ermen e Engels Victoria Mill em Weaste que fazia linhas de costura.

Quando estudante, adere a ideias de esquerda, o que o leva a aproximar-se de Marx. Assume por alguns anos a direção de uma das fábricas do pai em Manchester e suas observações nesse período formam a base de uma de suas obras principais: A Situação da Classe Trabalhadora na Inglaterra, publicada em 1845.

Depois de uma estadia produtiva na Grã-Bretanha, Engels decidiu voltar para a Alemanha em 1844. No caminho, ele parou em Paris para atender Karl Marx, com quem teve uma correspondência anterior. Marx estava morando em Paris desde o final de outubro 1843 na sequência da proibição da Gazeta Renana pelas autoridades prussianas governamentais em março de 1843.

Engels é comumente conhecido como um “partidário tático cruel”, “ideólogo brutal”, e “mestre estrategista” quando ele veio para purgar rivais em organizações políticas.

Muitos de seus trabalhos posteriores são produzidos em colaboração com Marx, o mais famoso deles é o Manifesto Comunista (1848). Escreveu sozinho, porém, algumas das obras mais importantes para o desenvolvimento do marxismo, como Ludwig Feuerbach e o Fim da Filosofia Clássica Alemã, Do socialismo utópico ao científico e A origem da família, da propriedade privada e do Estado.

Engels morreu de câncer na garganta em Londres, 18958 . Após a cremação no Crematório Woking, suas cinzas foram espalhadas em Beachy Head, perto de Eastbourne como ele tinha pedido.

Principais obras

A Situação da Classe Trabalhadora na Inglaterra – (1845);
A Ideologia Alemã – em parceria com Marx – (1846);
Princípios Básicos do Comunismo – (Novembro de 1847);
O Manifesto Comunista – em parceria com Marx – (1848);
Marx e o jornal “Nova Gazeta Renana” – (1848-1849);
As Guerras Camponesas na Alemanha – (1850);
Carta a Marx – (21 de agosto de 1851);
Revolução e Contra-Revolução na Alemanha – (Setembro de 1852);
O Recente Julgamento em Colónia – (29 de Novembro de 1852);
Resenha do Primeiro Volume de “O Capital” para o Demokratisches Wochenblatt – (13 de Março de 1868);
Nota Prévia a “A Guerra dos Camponeses Alemães” – (11 de fevereiro de 1870);
Discurso Sobre a Acção Política da Classe Operária (Pronunciado na Conferência de Londres) – em parceria com Marx – (21 de Setembro de 1871);
As Pretensas Cisões na Internacional (Circular Privada do Conselho Geral da Associação Internacional dos Trabalhadores) – em parceria com Marx – (05 de março de 1872);
Das Resoluções do Congresso Geral Realizado na Haia – em parceria com Marx – (2 a 7 de Setembro de 1872);
Para a Questão da Habitação – (Janeiro de 1873);
Os bakuninistas em ação: Memória do levante na Espanha no verão de 1873 – (1873);
“Advertência preliminar ao artigo” Os bakuninistas em ação – (1874);
Carta a August Bebel – (28 de Março de 1875);
Do Social na Rússia – (21 de Abril de 1875);
Anti-Dühring – (1878);
A Origem da Família, da Propriedade Privada e do Estado – (1a. Edição: 1884; 4a. Edição Revisada: 1892)10 ;
Para a História da Liga dos Comunistas – (1885);
Prefácio ao Segundo Volume de «O Capital» de Marx- (05 de Maio de 1885);
Ludwig Feuerbach e o Fim da Filosofia Clássica Alemã – (1888);
O Papel da Violência na História – (1888);
Do Socialismo Utópico ao Socialismo Científico – (1890);
Carta a Karl Kautsky – (23 de fevereiro de 1891);
Carta a Konrad Schmidt – (5 de agosto de 1890);
Carta a Otto von Boenigk – (21 de agosto de 1890);
Carta a José Bloch – (21 de setembro de 1890);
Carta a Konrad Schmidt – (27 de outubro de 1890);
Para a Crítica do Projecto de Programa Social-Democrata de 1891 – (1891);
Prefácio à Edição Inglesa de 1892 de “A Situação da Classe Trabalhadora na Inglaterra” – (1892);
Carta a Nikolai Frantsevich Danielson – (24 de fevereiro de 1893);
Carta a Franz Mehring – (14 de julho de 1893);
Carta a Nikolai Frantsevich Danielson – (17 de outubro de 1893);
Carta a W. Borgius – (25 de janeiro de 1894);
A Futura Revolução Italiana e o Partido Socialista – (1894);
A Questão Camponesa em França e na Alemanha – (1894).

Bibliografia

“Friederich Engels” por Lénine
Obras Escolhidas
Leituras adicionais
Carlton, Grace (1965), Friedrich Engels: The Shadow Prophet. London: Pall Mall Press
Carver, Terrell. (1989). Friedrich Engels: His Life and Thought. London: Macmillan
Green, John (2008), Engels: A Revolutionary Life, London: Artery Publications. ISBN 0-9558228-0-7
Henderson, W. O. (1976), The life of Friedrich Engels, London : Cass, 1976. ISBN 0-7146-4002-6
Hunt, Tristram (2009), The Frock-Coated Communist: The Revolutionary Life of Friedrich Engels, London: Allen Lane. ISBN 978-0-7139-9852-8
Mayer, Gustav (1936), Friedrich Engels: A Biography (1934; trans. 1936)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *