Cadernos Anarquistas de Errico Malatesta – Livro

Cadernos Anarquistas de Errico Malatesta – Livro

Cadernos-Anarquistas-de-Errico-Malatesta-Livro

Errico Malatesta foi um dos militantes de grande destaque no movimento operário e no anarquismo. Sua relevância no meio libertário e revolucionário não é resultado nem do culto à sua personalidade nem de uma proeminência dada pela história oficial. A militância de Malatesta é fortemente marcada pela prática social coerente e dedicada e pela meditação séria e exaustiva acerca da realidade na qual atuava o movimento operário em fins do século XIX e início do século XX, em várias partes do mundo. Em seus escritos destacam-se a clareza e a força na expressão das suas idéias, bem como uma grande preocupação em se fazer entender mesmo por aqueles que têm pouca instrução para ler um texto escrito. Além disso, Malatesta é um dos primeiros anarquistas a se preocupar mais seriamente com uma teorização sistemática da prática social que os anarquistas e o movimento operário vinham desenvolvendo desde meados do século XIX. Nesse ponto, sua contribuição à questão social é fundamental. Os motivos de escolher Errico Malatesta como autor para este primeiro número da Coleção Teoria Anarquista são esses. Ele não pode passar despercebido por aqueles que realmente se preocupam com a transformação radical da sociedade atual. Pela sua trajetória de vida, pelos inúmeros textos que escreveu refletindo a questão social, pela sua incansável luta pela propaganda do anarquismo e da revolução social. Sem dúvida nenhuma, Malatesta figura como um dos mais importantes militantes do movimento anarquista, merecendo ser lido e relido. É um clássico da literatura ácrata. Sua atuação social e seus escritos são referência fundamental para uma atuação de caráter libertário e com intenção revolucionária, principalmente pela agudez e espantosa atualidade de seus escritos e das idéias que converteu em ação ao longo de toda sua vida.

Baixe o livro AnarquistaCadernos Anarquistas de Errico Malatesta – Livro

,

Deixe uma resposta