Aquaponia – O que é, como funciona e como fazer?

Aquaponia-o-que-e-e-Como-Funciona

Definição:

A Aquaponia é o sistema de produção de peixes integrado ao de vegetais de forma que haja benefícios para ambos. O princípio é de que os peixes criados com ração geram dejetos que são aproveitados pelas plantas cultivadas sem solo. O substrato das plantas funciona como filtro biológico transformando a matéria orgânica em sais que são absorvidos pelos vegetais e a água retorna ao viveiro de peixes com qualidade para o seu reuso.

aquaponia

Leia Também: BRASILEIRO INVENTOR DE ‘LUZ ENGARRAFADA’

Instalação:

O sistema compreende o viveiro de peixes, filtro biológico, calhas ou tubos semelhantes aos de hidroponia e elétrobomba para promover a recirculação. Os viveiros para engorda de peixes podem ser escavados ou construídos sobre o solo com estrutura de metal ou alvenaria. Internamente são revestidos com manta de PVC, vinil ou concreto armado. O volume é determinado pela produção esperada, sendo que 30 a 45 quilos de peixes por metro cúbico uma produtividade já conseguida no Brasil más que pode ser melhorada já que nos EUA se obtém normalmente 75 quilos.

O filtro biológico deve receber a água com os efluentes sendo que a soma do tempo que a água fica estocada deve ser superior a 4 horas. Isto é, se utilizamos uma bomba com vazão de 4000 litros por hora e um filtro biológico de 1000 litros teremos um tempo de residência de 15 minutos em cada hora ou 6 horas de detenção em 24 horas. O filtro biológico deve possuir muita superfície para que microorganismos decompositores degradem a matéria orgânica proveniente da água de criação de peixes. No caso da aquaponia o filtro biológico pode ser o próprio local de plantio dos vegetais. Ás calhas para produção das plantas são semelhantes às da hidroponia, sendo utilizado substrato à base de brita, caco de telha ou fibra de coco com zeólita (10%) para aumentar a retirada de nutrientes da água e posteriormente disponibilizar para as plantas.

Leia Também: NATUREZA CONTRA ATACA: AMARANTO INCA DEVORA TRANSGÊNICOS DA MONSANTO GM

O sistema necessita movimento e para isso utilizamos bombas de fluxo que propicia grande vazão de água com baixo consumo de energia elétrica.

Sistema caseiro:

Foi projetado um sistema caseiro para atender famílias de baixa renda da área rural e urbana.

Leia também: A NATUREZA FALA … TEMOS QUE APRENDER A OUVIR ….

O sistema é composto por:

projeto-aquaponia

Inicialmente escolhemos o local onde será instado o sistema de escavamos o solo. Forramos o fundo do tanque com areia fina (para evitar furos). A seguir montamos a armação para receber a manta de PVC.

projeto-aquaponia-1

Esticamos a manta e a prendemos com sarrafinho na armação de madeira. Instalamos uma flange de 2 polegadas entre a lateral do filtro e o viveiro. Colocamos o caco de telha, a zeólita e a fibra de coco em camadas (seguindo a ordem) e enchemos o sistema com água sem cloro e povoamos o viveiro com os peixes. Esse material é o substrato do filtro e suporte para o desenvolvimento das plantas.

Leia Também: O CRIADOR DO “DÉFICIT DE ATENÇÃO” CONFESSA QUE CRIOU O ‘DISTÚRBIO’ PARA VENDER PÍLULAS

Fazemos o plantio de mudas sobre a fibra de coco seguindo às recomendações por espécie utilizada. Plantamos 20 mudas de papiro ao redor da bomba de recirculação (lado oposto ao da flange), sua função é oxigenar a zona das raízes, reter os sólidos em suspensão e eliminar bactérias patogênicas.

projeto-aquaponia-2

Em um período de 20 a 30 dias já temos uma estabilidade na qualidade da água no sistema e logo podemos colher as plantas. As tilápias levam de 5 a 6 meses para estarem em condições de abate (500 gramas). Às carpas poderão ser consumidas a partir de 9 meses (cerca de 1.000 gramas). Os cascudos são utilizados para limpar os cantos de dobras da manta do viveiro de engorda.

projeto-aquaponia-3

Fornecemos ração comercial aos peixes 2 a 4 vezes ao dia respeitando ás exigências nutricionais por fase de desenvolvimento (ração inicial, de crescimento e de terminação). É esperado uma produção de 250 quilos de tilápias e 20 quilos de carpas. A produção vegetal depende da planta utilizada, que poderá ser:
Agrião – alface – rucula – manjericão – hortelã – orégano – tomate – berinjela – salsinha – outras uti
lizadas em hidroponia.

Por: Manuel Braz – Zootecnista

, ,

Deixe uma resposta